POEMA

CANTIGA DE ABRIL


Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Quase, quase cinquenta anos
reinaram neste país,
a conta de tantos danos,
de tantos crimes e enganos,
chegava até à raiz.

Qual cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Tantos morreram sem ver
o dia do despertar!
Tantos sem poder saber
com que letras escrever,
com que palavras gritar!

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Essa paz do cemitério
toda prisão e censura,
e o poder feito galdério,
sem limite e sem cautério,
todo embófia e sinecura.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Esses ricos sem vergonha,
esses pobres sem futuro,
essa emigração medonha,
e a tristeza uma peçonha
envenenando o ar puro.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Essas guerras de além-mar
gastando as armas e a gente,
esse morrer e matar
sem sinal de se acabar
por política demente.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Esse perder-se no mundo
o nome de Portugal,
essa amargura sem fundo,
só miséria sem segundo,
só desespero fatal.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Quase, quase cinquenta anos
durou esta eternidade,
numa sombra de gusanos
e em negócios de ciganos,
entre mentira e maldade.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Saem tanques para a rua,
sai o povo logo atrás:
estala enfim altiva e nua
com força que não recua,
a verdade mais veraz.

Qual a cor da liberdade?
É verde, verde e vermelha.

Jorge de Sena

6 comentários:

Justine disse...

E continua verde de esperança,para que tudo se cumpra, e vermelha de raiva, para lutar pelos sonhos!
Abraço de Abril

amigona avó e a neta princesa disse...

Viva Abril, amigo! Hoje é dia de alegria...dia de amizade e fraternidade...beijos...

sousa disse...

hoje um amigo no logar do habitual bom FDS disse-me BOM ABRIL o que teve uma resposta colectiva dos companheiros de trabalho porque será?

Crixus disse...

A cor da liberdade é vermelho, do cravo. Amanhã é dia de festejar Abril, vai ser mais um grande dia em defesa da liberdade

poesianopopular disse...

Abril é festa e luta, em partes iguais!

Manangão

Fernando Samuel disse...

justine: porque o sonho comanda a vida... ABRIL SEMPRE!

amigona avó e a neta princesa: dia de alegria, de amizade, de fraternidade, de amor, de ternura, de justiça, de paz, de liberdade - de todos os valores e sentimentos que fazem o ideal de Abril.
ABRIL SEMPRE!

sousa: Abril está vivo!
BOM ABRIL!

crixus: comemorar Abril é defender a Liberdade.
ABRIL SEMPRE!

josé manangão: festa/luta - luta/festa - por Abril, pelo Futuro!
ABRIL SEMPRE!