A DEMOCRACIA DELES

A notícia chegou hoje: em dois jornais (tanto quanto me apercebi) e, em ambos os casos, pequenina e escondidinha. E vá lá, vá lá, que já não foi nada mau...

Diz a notícia que os EUA estão a julgar dezenas de afegãos que estiveram presos em Guantánamo e na base de Bagram (Afeganistão).

O julgamentos decorrem no Afeganistão em «tribunais militares sumários, com base apenas em alegações avançadas por militares norte-americanos e pelas autoridades afegãs».

Os ditos julgamentos, nos quais não é permitida a presença de testemunhas, duram uma hora.
Os réus são condenados a penas «até 20 anos de prisão».

É a democracia made in USA a exibir as suas virtudes - democracia modelar, pois como esses mesmos jornais não se cansam de nos dizer, os EUA são a pátria da liberdade, da democracia e dos direitos humanos...
Democracia modelar e em processo de acelerada exportação - como todos os dias podemos observar aqui na nossa terra...

6 comentários:

Mide disse...

Outra que também ouvi hoje na Antena 1 foi a de mais duas matanças no Iraque: uma de cinco pessoas por norte-americanos e outra de doze por britânicos. No total, mais 17 vítimas mortais do imperialismo americano.
O jornalista leu a notícia como quem diz o resultado do último sorteio do totoloto, após o que atacou com mais uma sessão de ataques à China via Tibete.
Há anos que me habituei a ver esta hipocrisia e esta falta de honestidade de quem debita informação. Mas continuo a sentir o mesmo nojo.

formiga no carreiro disse...

Infelizmente quase toda a comunicação social está nas garras dos grandes grupos económicos, e como tal, tentam e na maioria das vezes formatam as mentes dos cidadãos mais ignorantes.

poesianopopular disse...

Temos que voltar novamente a ouvir a BBC como antigamente! Ou será que: já não vale a pena?
Querem estes nogentos dar lições de democracia aos outros!
O que mais me enfurece, é a submissão da Europa a estes filhos da puta!
Abraço
José Manangão

CS disse...

Temos é que ler e divulgar o Avante!

Antuã disse...

Sim é necessário deixar de comprar jornais, ver televisão e ler e divulgar o avante bem como os sítios da Rede interessantes. Os "jornalista dos grupos de informação são ou burros, inconcientes, lutam pela sobrevivência a qualquer forma ou são tão criminosos como os seus patões e os genocidas que defendem e aplaudem.

Fernando Samuel disse...

mide: é que a abjecção é tanta que não há nojo que chegue...

formiga no carreiro: tentam e em muitos casos conseguem: dizes bem.

josé manangão: não te esqueças que eles são mestres em democraCIA...

cs: ora aí está tudo dito em oito palavras.

antuã: muitos desses «jornalistas» são eles próprios produto da desinformação organizada de que são protagonistas.