O 25 de Abril de A a Z!

Passado 34 anos a comemorar a revolução dos cravos é sinónimo de comemorar a liberdade. Liberdade esta que foi muito difícil de alcançar, muito esforço despendido, muito sangue derramado e muitas vidas humilhadas, torturadas e até liquidadas. Muitos souberam resistir pois acreditavam. Tal como os que resistindo acreditaram, eu acredito também que os ideais de Abril não serão humilhados (mais do que tentam), não serão torturados (eles tentam mas nós resistimos), nem serão liquidados (a nossa força manterá viva a Constituição de Abril).
Recordo uma descrição de liberdade que me contaram, peço desculpa se não estiver a usar as palavras correctas, mas aqui vai: liberdade é ter uma pomba branca presa nas nossas mãos e deixá-la ir, voar pelo imenso céu.

Hoje também é dia de Aniversário do Cravo de Abril, espero que gostem do novo banner, vai fazer-nos companhia por mais um ano.
Deixo-vos o vídeo sobre o 25 de Abril, uma prosa de A a Z.
Até já, na Avenida da Liberdade.

5 comentários:

Maria disse...

Até já, Camarada!
Um beijo (extensivo à tua Ana) e um cravo vermelho

Fernando Samuel disse...

VIVA O 25 DE ABRIL!

sousa disse...

Até já nas avenidas das nossas cidades vilas e aldeias.
ABRIL SEMPRE!

CANTONA disse...

Com Abrail, Sempre!
Excelente trabalho que têm feito aqui, Camaradas!
Saudações Revolucionárias
Hugo Rodrigues

Ludo Rex disse...

Que Abril permaneça Sempre nos nossos corações.
Viva o 25 de Abril! Viva a Liberdade!