DEMOCRACIA É ISTO

A VOZ DO DONO


Foi esquerdista até mais não: revolucionária assanhada, de punho no ar a exigir «revolução, já!» e a garantir que «o imperialismo norte-americano é um tigre de papel».
Depois, seguiu o roteiro clássico da generalidade da esquerdalhada: em paga do trabalho feito na cruzada anticomunista, passou a integrar oficialmente - bem paga, certamente - o rebanho de propagandistas encartados do imperialismo (o norte-americano e o europeu, que são um só, como ela muito bem sabe, ó se sabe!).

Estou a falar de Teresa de Sousa que, no Público, nos ensina que, em Portugal «discutiu-se o Tratado» e que, assim tendo sido, está garantida a plena e total democraticidade quer da dispensa do referendo, quer da ratificação do dito Tratado no Parlamento.

«Discutiu-se o Tratado»? Teresa diz que sim, e prova-o relatando a sua ida a umas quantas escolas fazer «sessões de esclarecimento» sobre o tema...
E é na qualidade de professora de democracia que escreve: «Só haverá uma conclusão possível, se aceitarmos que uma democracia é constituída por cidadãos livres que se informam ou não, conforme a sua vontade e o seu interesse»...
E, didáctica, explica qual é essa única «conclusão possível»: «Quem quis informar-se pôde, de um modo ou de outro, fazê-lo. Quem não quis está no seu absoluto direito» - concluindo, fulminante: «Não vale a pena continuar a dizer que o Parlamento vai ratificar o Tratado nas costas do povo ou da sua santa ignorância».

Brilhante lição de democracia aplicada, não acham?

Recorde-se, apenas, que antes de Teresa ter concluído assim, já assim haviam concluído Sócrates e Menezes - e antes de Sócrates e Menezes, já os chefões da Europa tinham concluído e mandado cumprir que não há referendo para ninguém, deixem-se de democratices, não podemos correr o risco de o voto dos povos inviabilizar o Tratado, democracia é isto, ponto final.

Assim, o texto de Teresa de Sousa apenas a confirma como fidelíssima e afinadíssima voz do dono.

7 comentários:

samuel disse...

Fernando

Deixa lá a Teresa "Grafonola" de Sousa!...
Para "compensar", escreveu igualmente no Público algo como:

«É verdade que, pela primeira vez, não haverá um só comunista no Parlamento, o que representa uma saudável clarificação».

Vês? Essa do tratado deve ter sido "um lapso". A senhora é mesmo uma fervorosa adepta da democracy.

Abraço

samuel disse...

Esqueci-me de dizer que a frase da "de Sousa" era sobre as recentes eleições na Itália, que deixaram a senhora, como se vê, muito clarificada.

poesianopopular disse...

Queridos amigos
"No aproveitar é que está o ganho"
A moça está agora na idade, enquanto a mioleira não apodrece totalmente!
Abraço
José Manangão

Fernando Samuel disse...

samuel: exacto, no mesmo Público onde escreveu sobre o Tratado, «clarificou-se» sobre a Itália...
Abraço amigo.

josé manangão: é uma idade perigosa, a da «moça»...
Abraço amigo.

zambujal disse...

O que é que TS me faz lembrar? Ah, já sei, a "tropa". Havia por lá muito TS. Mas esses, os do meu tempo da tropa, eram dos bons - ou dos mesnos maus -, um bocadinho machistas, femeeiros e tal, não eram como os actuais TS, que o são "à séria", e que não há meio de se ver a justiça fazer-lhes justiça...
Esta TS também me faz lembrar outras coisas. Também muito feias.
Olha, Fernando Samuel, cada um e cada uma é para o que está guardado/a.
Estou cá com uma bonomia hoje! Sabes?, é que também eu tenho ido a escolas, e outros locais, falar sobre o tal tratado dos tratantes, e tenho a certeza de que este não é conhecido do povo português e não é por o não o quererem conhecer, é, na maioria dos casos, pelo que fizeram dele, deste povo, pelos maus tratos que lhes dão aqueles que les escolhem (?) para os representar.
Essa gaja... bom, acabo... antes que me passe a bonomia... Não é depois da bonomia que vem a tempestade e a intemperança?

Antuã disse...

Foi esta TS que afirmou que o MS era o pai da pátria?!... Se é a mesma está enganada o Pai da pátria somos nós. Se é a mesma que manda umas bocas na Antena-1 é uma pobre coitada que mal abre a boca já se sabe o que vai dizer. É mesmo ceguinha!...

Fernando Samuel disse...

zambujal: esta TS faz-nos lembrar tudo o que há de pior. Portanto, bonomia,amigo, bonomia...

antuã: é mesmo essa, escreve e fala o mesmo em todo o lado, e em todo o lado é bem paga...