POEMA

(Por baixo de uma fotografia de Hitler)


Isso que aí está, esteve quase a governar o mundo.
Mas os povos dominaram-no. No entanto
desejaria não ouvir o vosso triunfante canto:
O ventre, donde isto saíu, ainda é fecundo.

Brecht

4 comentários:

Justine disse...

Como o Brecht tem razão, infelizmente!

samuel disse...

Grande texto!

poesianopopular disse...

-E continua infelismente como diz a justine!
Abraço

Fernando Samuel disse...

justine, samuel, josé manangão: um aviso pertinente, não é?