eu hoje venho aqui falar-te, amigo...


O Herlander traz um cravo em cada mão, quando estas lhe desmaiam nos abraços que só ele pensa saber necessitar para a sede da solidão que todos carregamos. Quando vem delas, qualquer objecto ganha uma profundidade inexistente aos olhos até aí desarmados dos grandes sentidos. O Herlander não se cala, e cada silaba é um mundo de amizade fecundando as entranhas da amargura. O Herlander é filho da mina, de Aljustrel, da pedra, e dela a frontalidade quando honestamente pronuncia palavras boas. O Herlander é cómico e não gosta de colegas. Para ele apenas existem as palavras amigo, companheiro, camarada. O Herlander gosta de peixe fresco e de café sem açúcar. E de olhar a praia da esplanada da nossa desatenção. O Herlander é operário, electricista, e ama deveras a sua profissão. Quando fala tudo são cabos, extensões, puxadas. Todas elas vão buscar corrente ao coração dos homens bons. O Herlander é um ser muito bonito. O Herlander é meu amigo. Novo. Sei caminhar com ele até ao fim dos dias de um nós. O Herlander é cibernauta. Visita este blogue. Foi por isso que o conheci. Fomos, com a Alice - outra camarada de Aljustrel - juntos a Peniche. Descobri um coração raro. Jantámos os três em Lisboa, na Calçada de Santana, onde lhe tirei esta fotografia. Não estranhem se lhe encontrarem uma ternura despropositada. É O Herlander. É o meu grande amigo, o meu outro irmão mais velho.

Para ti camarada, toda a ternura contida na palavra OPERÁRIO. Tu percebes!

5 comentários:

Sandra disse...

Todas as palavras que utilizaste para descrever o Herlander são reais e ternurentas.Para ti camarada Antonio é muito fácil descrever este ser humano extraordinário, pois tu, és igualmente um ser muito bonito.
Abraço forte camaradas

Antonio Lains Galamba disse...

sandra: a beleza habita o coração que a pressente. também gosto muito de ti. António

Alice disse...

Camarada Herlander!
Um grande camarada e amigo! Uma pessoa muito especial e com quem tenho aprendido muito!
Um beijinho muito grandes para ti, da operária Alice!

o mundo da lua disse...

Aplaudo esta merecida homenagem, e levanto me para aplaudir este homem.
Uma pessoa simples que sabe tocar os nossos corações, um grande camarada de luta e de vida..
beijoss herlander
(Filipa)

XICA disse...

Porque foi através dele que cheguei até vocês, não posso passar por aqui sem primeiro dizer ao autor do texto, que só alguém com muita sensibilidade e um coração enorme, para perceber outro alguém idêntico. É caso pra dizer que se merecem amigos assim.