POEMA

NENHUMA PALAVRA TE FAZ JUSTIÇA


Tremor mais forte que a cópula,
companhia mais intensa do que a solidão,
conversa mais rica que o silêncio,
realidade mais estranha que o sonho,
verdade do dia e da noite,
céu colorido de bandeiras,
canção que não se detém,
razão de estar aqui:
Já vês que nenhuma palavra te faz justiça,
Revolução.

Roberto Fernández Retamar
(In Poesia Cubana da Revolução)

5 comentários:

samuel disse...

Mas há que não calar nunca, ir insistindo... falando nela, mesmo com palavras e cantos que não lhe façam justiça :)

Justine disse...

Uma das realidade inomináveis,revolução!

Fernando Samuel disse...

samuel: falando nela, procurando-a, construindo-a... amando-a...
Abraço amigo.

justine: e sempre dando sinal da sua premente necessidade...
Beijo amigo.

Antuã disse...

A revolução está em nós. façamo-la.

Fernando Samuel disse...

antuã: é isso.