O CAMINHO DAS BOMBAS

Bush encontrou-se, ontem, com Ângela Merkel.
Do encontro saíu a ameaça de «novas sanções» contra o Irão, se este «insistir nos seus planos nucleares» - sanções que pressupõem, segundo a chanceler alemã, «que a comunidade internacional actue em conjunto».
Quanto a Bush, disse que «todas as opções continuam em cima da mesa» - entre elas a de «um ataque militar contra o Irão».

Desculpem a minha insistência no tema, mas é só para ir assinalando... o caminho das bombas.

4 comentários:

poesianopopular disse...

Será que o cóboy terrorista ainda vai fazer das suas, antes de se ir embora?
E quando é que os chefes, cobardes europeus, deixam de colaborar com este terrorista assassino?

Antuã disse...

Os governantes norte-americanos e europeus pertencem à mesma mafia.

GR disse...

Tão pouco tempo falta para este terrorista ir embora. Vai, mas continuará a destruir.
Foi muito apupado, mas não passam nas televisões.

GR

Fernando Samuel disse...

josé manangão: se não for ele, será o que lhe vai suceder...

antuã: sem tirar nem pôr...

gr: chefe de terroristas...