POEMA

CONQUISTA


Irmão!
O que tu és sou eu.
Olha bem para mim:
tenho mãos, tenho pés,
tenho olhos fundos,
tenho beiços rubros
e um sexo aberto!
O meu destino é o teu:
terra! terra! somos terra!
terra vermelha e negra,
terra farta de campos,
poeira de astros, lama,
rocha, estrume, flor,
terra vermelha e negra,
terra! mãos e pés,
olhos fundos, boca rubra,
sexo aberto ao Sol!
Orgulha-te comigo, irmão!
Saúda comigo a vida!
E pelo Sol e pelos bichos,
pelo cascalho dos caminhos,
pelas fonte e montanhas,
por todas as misérias e por todas as chagas,
por todo o esterco e por todo o génio,
por tudo o que de mesquinho e grande
nos fez Homens,
Irmão!
olha-me bem a fundo nos olhos
e, de mãos dadas, rompe comigo
à conquista do mundo!


Papiniano Carlos

10 comentários:

dona tela disse...

O que me diz a este tempinho? Só para pinguins...

Um abraço respeitoso.

samuel disse...

Como diria o Vitalino Canas, lá estás tu (e o Papiniano) com a mania das "velhas receitas"...

Mar Arável disse...

Apareçam sempre

no meu mar

poesianopopular disse...

_Grande convite à solidariedade revolucionária.
Grande poeta militante!

GR disse...

Sai deste grande Congresso com este sentimento.

“Orgulha-te comigo, irmão!
Saúda comigo a vida!”
“…de mãos dadas, rompe comigo
à conquista do mundo!”

Custe o que custar,
Vale a Pena Lutar!

GR

Ana Camarra disse...

Fernando Samuel

Este é brutalmente comovente.

Beijo

Fernando Samuel disse...

dona tela: é mesmo: só para pinguins...
Um beijo.

samuel: pois é, o vitalino está cheio de razão...
Um abraço.

Mar Arável: lá irei.
Um abraço.

poesianopopular: grande camarada!
Um abraço.

gr: este poema esteve lá connosco no Congresso...
Um beijo.

Ana Camarra: comovente e cheio de força.
Um beijo amigo.

Maria disse...

Este poema é a minha última leitura de hoje.
Mas dou as mãos a todos aqui e além, e todos juntos vamos à conquista do Mundo!

Um beijo grande

CRN disse...

Fernando,
Conquistar a vida só se a soubermos vivida entre todos, ainda bem que cada dia somos mais, ainda bem que cada vez se levanta mais Povo num congresso que para a imprensa não existiu, ainda bem que erguidos eramos mais que os pelos lenvantados de um homem emocionado.

A revolução é hoje!

Fernando Samuel disse...

Maria: todos juntos.. o futuro é nosso.

Um beijo grande.

crn: éramos (somos) muitos e temos muita força. mesmo assim: Avante por um Partido mais forte.

Um abraço, camarada.