POEMA

(E subiu ao Trono o primeiro Governo da Contra-Revolução.)


E agora
que os gigantes do avesso
nos querem transformar em subgente?

Que nos resta? O recomeço
do frio das algemas
e os grilhões desumanos,
para voltar inutilmente
a escrever poemas
recusando-me outra vez a ter mais de 20 anos?

Que fazer agora,
se até o Sonho nos querem roubar?

Exigir talvez
ao sol que, todas as noites dorme na lua e chora
com melancolia,
ouse de súbito acordar
- para que brilhe sempre o Espanto de Haver um Eterno Dia.


José Gomes Ferreira

9 comentários:

poesianopopular disse...

pois é!
Acabamos por chegar sempre à mesma conclusão, é preciso acordar e lutar, lutar até à vitória final.
Abraço

CRN disse...

Fernando,
Acorrentados sem saber estão os explorados da minha terra, talvez porque o lodo é tanto que esconde até a necessidade de viver. Viver - realmente viver - para quê, para se perderem num mundo desconhecido que lhes foi atirado mais além do horizonte que podem contemplar enquanto amarrados? Sim, venham conhecer a humanidade, a vida!

A revolução é hoje!

Ana Camarra disse...

...Para que brilhe sempre o Espanto de haver um eterno dia...

samuel disse...

Sim... alguma coisa tem de ser feita! Porque não começar pelo sol? Aquele que todos levamos cá dentro...

GR disse...

Acordados vemos este pesadelo triste e cinzento
Mas o Sonho! Não nos podem roubar, o Sonho.
O Sol há-de brilhar e sorriremos de Espanto de Haver um Eterno Dia.

Um bj para o nosso querido,
Zé Gomes Ferreira

GR

Cheira-me a Revolução! disse...

O Sonho, esse, nunca nos hão de roubar, e lutaremos por ele.
Transformando o sonho em vida…
Abraços

# Ludo Rex

Hilário disse...

Podem tirar-me tudo, mas o direito de sonhar nunca, por isso continuarei a lutar sempre.

Um grande Abraço

Fernando Samuel disse...

poesianopopular: lutar sempre é a única saída...
~Um abraço.

crn: viver a vida é um bom caminho para se chagar... longe.
Um abraço.

Ana Camarra: brilhará...
Um beijo.

samuel: é um bom começo, sim senhor,
Um abraço.

gr: o Zé Gomes aabia como se sonhava...
Um beijo.

Ludo Rex: fazer do sonho a luta...
Um abraço.

Hilario: o direito ao sonho é um direito fundamental...
Um abraço.

Justine disse...

Belíssimo! O Sol e a esperança...
Obrigada, FS