POEMA

O HERÓI


O herói da guerra
possui 365 medalhas,
uma para cada dia do ano
(só nos anos bissextos
tem um dia de folga).

O herói da guerra
tem um desencontro
marcado com ele mesmo
(sua vocação era ser homem
e fizeram dele um herói).

O herói da guerra
precisa esquecer
(num gesto heróico
fuma heroína).


Sidónio Muralha

7 comentários:

poesianopopular disse...

O capitalismo, é a mais poderosa droga, que mantem o Mundo dependente, à beira de uma overdose.
É urgente desitóxicar o Mundo!
Abraço!

Maria disse...

Como uma bofetada...
Bonito poema!

Um beijo grande

Ludo Rex disse...

Precisa esquecer e precisa justiça...
Abraço

samuel disse...

Certeiro!

GR disse...

Como o poeta sabe o que é a Guerra e a dor do soldado.

Bjs,

GR

Anónimo disse...

COM TANTAS MEDALHAS SÓ PODE SER UM VALOROSO HERÓICO MARECHAL DA URSS

Ana Camarra disse...

Por acaso acho que sim que um heroi de Guerra precisa de esquecer...

beijos