MURAIS DE ABRIL (II)

Mais duas relíquias...

"O Povo unido jamais será vencido". Anos 70, Amoreiras, Lisboa

Campolide, Lisboa.

2 comentários:

Fernando Samuel disse...

Belos tempos!

poesianopopular disse...

Acabaram com eles, não porque fossem inestéticos,mas porque eram uma presença viva e constantede da Revolução, e como disse o (pai) da democraCIA;- a revlolução acabou;- agora vamos todos trabalhar.
Bjo
Manangão