UMA PERGUNTA

Há dez anos, os governantes da União Europeia, reunidos em Lisboa, tomaram a sensacional decisão de «provocar um impacte decisivo na erradicação da pobreza até 2010».
Agora é que vai ser!: proclamaram todos, assim respondendo aos «cépticos» que lhes lembravam promessas semelhantes anteriormente feitas e não cumpridas, antes pelo contrário.

De então para cá, a pobreza aumentou na maioria dos países e, ao que parece, diminuiu nalguns outros - entre eles, vejam bem a nossa sorte!, Portugal.
Isto, na opinião do Governo baseada nos seus «cálculos» - porque segundo várias organizações não governamentais «a pobreza está a aumentar em Portugal».

Em resumo: dez anos depois da sensacional decisão de Lisboa, o número de pobres na UE ronda os 80 milhões - «cálculos» deles, dos que são responsáveis pela pobreza, não obstante assumirem que «a pobreza é uma violação dos direitos humanos».

Mas os governantes da UE não dormem: e 2010 será, por decisão da União Europeia, «Ano Europeu da Pobreza e da Exclusão Social».
Agora é que vai ser!...

Entretanto a riqueza dos mais ricos aumenta - ou não fosse a União Europeia «a maior economia do planeta»...

E de tudo isto, uma pergunta emerge: se e pobreza é - e é - uma violação dos direitos humanos, o que será a riqueza?...

10 comentários:

Graciete Rietsch Monteiro Fernandes disse...

A riqueza alimenta-sa da pobreza por isso é ela a violadora.Um beijo

LGF Lizard disse...

Na Coreia do Norte, essa grande democracia, deve-se viver melhor...

Antuã disse...

A riqueza é uma grande roubalheira seja onde for.

Maria disse...

Excelente pergunta! Para uma resposta: uma obscenidade.

Um beijo grande

CRN disse...

Quantos homens deverão ser submetidos pela pobreza para criar um rico?

Abril sempre!

Anónimo disse...

Esta coisa de, agora, para se vir à caixa de comentários do "Cravo", ter de se tropeçar em dejectos...
... até que desista!
Rui Silva

samuel disse...

Um crime continuado...

Abraço.

Membro do Povo disse...

Ao que parece a riqueza é um direito de alguns!

Ana Camarra disse...

Fernando Samuel

Eu acho que conseguem resolver isso até 2010:

-Uns matam-se á fome
-Outros com as vacinas de gripe A, tamiflu e com uns ensaios da industria farmaceutica
-Uns ainda suicidam-se, como aqueles em França.

Portanto ainda conseguem

beijos

Fernando Samuel disse...

Graciete Rietsch Monteiro Fernandes: ou: na riqueza nasce a pobreza...
Um beijo.

LGF Lizard: Pois.

Antuã: essa é uma verdade indesmentível.
Um abraço.

Maria: é uma das respostas...
Um beijo grande.

CRN: já o Garrett fez essa pergunta...
Um abraço.

Rui Silva: um abraço.

samuel: e para continuar até...
Um abraço.

Membro do Povo: poucos...
Um abraço.

Ana Camarra: são «homens» para isso...
Um beijo.