TUDO E MAIS ALGUMA COISA

Francisco Louçã queixou-se do tratamento dado pelos jornais à campanha do BE para as legislativas - destacando o Sol e o Público como os que pior o trataram...
Curiosamente, quem informa sobre a queixa é o próprio Sol, em peça curiosamente assinada pelo inevitável Manuel Agostinho Magalhães - que ao BE tem vindo a dedicar todo o seu talento de propagandista.

E lembrar-me eu que os dois jornais de que Louçã agora se queixa - Sol e Público - foram os que, logo a seguir às eleições para o Parlamento Europeu, deram o pontapé de saída para a colossal campanha de propaganda ao BE levada a cabo pelo conjunto dos média propriedade do grande capital...

Confesso que por esta eu não esperava. Mas serve-me de emenda: de hoje em diante, dessa gente eu espero tudo - e mais alguma coisa.

9 comentários:

LGF Lizard disse...

Mas o PCP queixa-se do quê? Tem o seu próprio jornal, domina a principal central sindical (supostamente os sindicatos deveriam independentes dos partidos políticos), recebeu a mesma atenção dos canais de TV (que é o meio de comunicação dominante), as eleições foram justas, democráticas e reflectoras da vontade do povo... o Bloco tem alguma culpa que a sua ideologia seja mais apelativa do que a velha e estafada ideologia estalinista do PCP? O PCP já parece o Sporting: não ganha, a culpa é dos árbitros, dos penalties, dos livres, do estado do terreno, enfim, de tudo menos deles próprios...
Para finalizar, não sou bloquista nem sportinguista...

Anónimo disse...

Ora!
O rapazola ficou um bocado agastado por, embora tendo sido levado ao colo por tudo quanto é "media" do grande capital (por que será que gostam tanto dele(s)?,
não ter tido o tal lugar que lhe daria acesso a "ministro de qualquer coisa".
Vai daí, faz birra! - Quer mais!
Ideologia, não tem (para que serve?)...
Sportintinguista, talvez não seja... - O que interessa é que lhe assinalem penalties; muitos! - e, já agora, que também lhos marquem... (para não dar trabalho...)
Rui Silva

samuel disse...

Bem... há algumas coisas que não vale mesmo a pena esperar. :-)))

Abraço.

Antuã disse...

É preciso é ter lata.

Anónimo disse...

Se acredita no que escreve, se não reparou que a direita entrou em pânico e dirigiu toda a sua propaganda contra o BE, sentindo-o a crescer, se leu os editoriais sobre os telemóveis e as "reduções" fiscais, o seu problema é de fé, e as crenças religiosas de cada um não as discuto.
Reze muito.

Anónimo disse...

Não vai tardar muito e veremos escrito nas paredes das vilas e cidades: "Paulo Portas tem medo de Francisco Louçã".
Até estou desconfiada que o director do "Público" foi corrido por ter tratado tão mal o BE.

Campaniça

Membro do Povo disse...

WAF!!!
É mesmo chato que o Avante! exista, não é verdade?
Também é chato existir um partido com uma ideologia como o PCP, que por mais que se tente (o capital) não se social-democratiza (contráriamente ao BE)!
Também é mesmo chato que o pessoal da CGTP eleja comunistas para delegados e dirigentes sindicais! Queres o quê proibir os comunistas de concorrer a eleições dentro dos sindicatos? Sabes como funcionam os sindicatos?
E o que é nós perdemos? Se bem me lembro ganhamos um deputado!
Por ultimo, a maior força de direita deste país (PS) está a tentar coligar-se com o BE - ou vice versa!
Abre os olhos!

Pintassigo disse...

ó A nónimo sabes andar de bicicleta?

Fernando Samuel disse...

LGFLizard: Pois.

Rui Silva: por que será que os média do grande capital os tratam com tantos carinhos?: é essa a pergunta a que há que dar resposta.
Um abraço.

samuel: são as chamadas esperas inglórias...
Um abraço.

Antuã: um abraço.

Anónimo: Amén.

Campaniça: sabe-se lá...
Um beijo.

Membro do Povo: só «chatices», de facto...
Um abraço.

Pintassilgo: um abraço.