TUDO EM MILHÕES!

Dos Estados Unidos da América sabemos, pelos média, que são a terra da paz e da democracia; da abundância, do bem-estar e da igualdade de oportunidades; de um feliz futuro assegurado - enfim, uma espécie de paraíso terreal...
E tudo em milhões!

É assim que, para defender os interesses e garantir a paz aos seus mais de 304 milhões de habitantes e para assegurar a liderança do mundo (desígnio maior de todos os seus presidentes, ao longo da história), os EUA dispõem de um exército com 1, 3 milhões de militares no activo, cerca de meio milhão dos quais cumprindo serviço de ocupação democrática em 163 países do planeta - o Iraque, com 150 mil é o mais beneficiado, logo seguido do Afeganistão com 70 mil.

Quanto ao bem-estar e à proverbial igualdade de oportunidades, também os milhões falam por si:
40 milhões de norte-americanos passam fome; cerca de 60 milhões (dos quais 8, 7 milhões são crianças) não têm dinheiro para aceder à assistência médica - números que têm vindo a crescer e que se prevê continuarem a crescer.
A criminalidade é a mais elevada do mundo: 2, 2 milhões de pessoas estão na prisão; mais de 4 milhões já estiveram presos e cerca de um milhão está em liberdade condicional - o que perfaz cerca de 7 milhões, ou seja 2, 3 % da população do país.

No que respeita ao futuro radioso: «69% dos norte-americanos dizem-se pessimistas quanto ao futuro do país».

Razões não lhes faltam, como a realidade presente mostra.

6 comentários:

poesianopopular disse...

-E quando se virem perdidos -são capazes de tudo:-inclusivé provocar uma guerra.A estória de só precisarem dfo aval dos aliados para intervirem em qualquer lado,é uma falsa estória.
Eles não querem que exista um exercito europeu, tal como não queriam uma moeda europeia, só aceitam tudo isto pelo facto de terem no comando da Europa homens da sua confiança, não fora assim e outro "galo cantaria"

Fernando Samuel disse...

josé manangão: a União Europeia é o que eles querem que seja: uma sucursal do imperialismo norte-americano na Europa...

samuel disse...

Diria que têm milhões de razões...

Maria disse...

69% é muito povo... quando acordará? Será que os deixarão acordar?

Um beijo

Fernando Samuel disse...

samuel: milhões!...
Um abraço.

maria: o consumo de soporíferos é grande...
Um beijo.

Anónimo disse...

Tenho muitas duvidas quanto ao "feliz futuro assegurado".
Para além destes aspectos, que acredito que possam ser verdadeiros, temos que acrescentar: é o país com as melhores Universidades do Mundo, onde existe maior percentagem de prémios nóbeis; maior poder militar, economico, competitivo, que se tem de suar para demonstrar o mérito; um país que salvou a Europa por 2 vezes e que venceu a URSS; que devolveu a liberdade e a democracia aos países de Leste; que salvou o Kuweit(desculpem se não é assim que se escreve); o pais com mais progressos agricolas, cientificos e tecnologicos tem feito ao longo do séc. XIX e XX; onde já nos anos 60 havia debates televisivos com mais de um candidato (nessa altura, já existia no Portugal de Salazar? na URSS? Não porque eram ditaduras); já havia produtos alimentares e de consumo que tardaram a chegar à Europa; um pais onde existem eleiçoes livres e democraticas. Para além destes factores, temos de acrescentar que é um pais fascinante nomeadamente para o estudo diversidade climática, da literatura, da história, para além de ser fascinante do ponto de vista muticultural e religioso.

Se me permite o conselho: quando fazemos uma análise a um País, que é uma tarefa fascinante e interessante e imparcial, devemos expor tambem os seus aspectos positivos.
Mas é um pais, que como todos tem muito a melhorar nos seus aspectos negativos.

J.Z.Mattos