POEMA

ESTA GENTE/ESSA GENTE


O que é preciso é gente
gente com dente
gente que tenha dente
que mostre o dente

Gente que não seja decente
nem docente
nem docemente
nem delicodocemente

Gente com mente
com sã mente
que sinta que não mente
que sinta o dente são e a mente

Gente que enterre o dente
que fira de unha e dente
e mostre o dente potente
ao prepotente

O que é preciso é gente
que atire fora com essa gente

Essa gente dominada por essa gente
nem sente como a gente
não quer
ser dominada por gente
nenhuma

A gente
só é dominada por gente
quando não sabe que é gente


Ana Hatherly

9 comentários:

samuel disse...

"Mas para ver o mundo girar de modo diferente
Ainda sei gritar, e arreganhar o dente

Estou quase a ir embora, mas deixo aqui
duas palavras pra um filho que perdi
Não quero dar-te conselhos
Mas se é teu próprio irmão que te faz viver de joelhos
Doa a quem doer, faz o que tens a fazer"

(excerto da "Cantiga da velha mãe e dos seus dois filhos", letra de S.Godinho e música de J.M.Branco)

Abraço

Maria disse...

Palavras certíssimas, de Ana Hatherly.

A gente é GENTE!

Um beijo grande

poesianopopular disse...

E que falta faz gente
que arreganhe o dente
E que morda rápido ou lentamente
mas que morda inteligentemente!
Bravo Ana Hateherly

maria teresa disse...

Não gosto do subentendido de olho por olho , dente por dente deste poema , gosto mais do excerto :
TISANAS (12)

"Era uma vez duas serpentes que não gostavam uma da outra. Um dia encontraram-se num caminho muito estreito e como não gostavam uma da outra devoraram-se mutuamente. Quando cada uma devorou a outra não ficou nada.(...)"

da mesma autora
Ana Hatherly (Porto, 1929)

GR disse...

Daqui a menos de quinze dias veremos, muita gente com dente, decente e muita vontade, de os atirar dali para fora.
Um poema cheio de motivação!

GR

Antuã disse...

É urgente arreganhar o dente para expulsar os vendilhões do templo.

Fernando Samuel disse...

samuel: lá me levaste a re-re-re-ouvir a cantiga da velha mãe... Obrigado.
Um abraço.

maria: há gente e há gente...
Um beijo grande.

josé manangão: é dessa gente que a gente precisa...
Um abraço.

maria teresa: confesso que também gosto mais dessa Ana Haterly...
Um beijo amigo.

gr: e lá estaremos: na Festa e na luta para deitar fora essa gente...
Um beijo grande.

antuã: dar-lhes o destino que merecem...
Um abraço.

Justine disse...

Vamos lá então arreganhar "o dente potente ao prepotente"
Fantástico jogo de palavras!!

Fernando Samuel disse...

justine: e ferrar o dente...