ASSIM SE FAZ A GUERRA

Seguindo os conselhos de Obama, Bush está a virar «o esforço da guerra antiterrorista» para o Afeganistão.
Parece que é ali que se está a decidir tudo, estando neste «tudo» incluída (estará?...) a captura de Ben Laden, que foi mas já não é (não será?...) amigo de peito do Império - e amicíssimo da família Bush à qual esteve (e não estará?...) ligado por laços de avultados negócios.

Esta guerra com Ben Laden está ligada, aparentemente, ao facto de, a dada altura da sua vida, o ingrato chefe da Al-Qaeda - formado em terrorismo nas afamadas universidades dos EUA e com vasto currículo de terror ao serviço dos seus formadores - ter passado a trabalhar por conta própria e ter ousado (terá?...) levar o terror aprendido ao coração dos seus mestres e sócios...

Se assim foi ou não, sabê-lo-emos, certeza certa, um dia destes.
Mas entretanto, o Afeganistão está ocupado por 70 mil soldados dos EUA e por mais uns quantos milhares idos de países lacaios do Império - entre eles o Portugal da política de direita - e, a partir de agora, a Colômbia!!! Exactamente: a Colômbia!!!

Diz a notícia que Uribush manifestou o desejo de a Colômbia «ser o único país latino-americano» a integrar as forças de ocupação do Afeganistão, após o que alguém o
mandou falar com Zapatero, já que falam a mesma língua e entendem-se bem...
Assim, nomeado «padrinho e mandatário» da boa vontade uribiana, Zapatero acordou com o governo colombiano que a «companhia de 100 efectivos» por este oferecida «vai integrar o contingente espanhol», que é composto por cerca de 800 soldados.

Assim se faz a guerra. Assim se fazem as guerras.

8 comentários:

maria teresa disse...

"ÂNSIA DE ESTÁTUA
Rumor.
Bem que não reste mais que rumor.

Aroma.
Bem que não reste senão o aroma.

Mas arranca de mim a lembrança
e a cor das velhas horas.

Dor.
Frente á mágica e viva dor.

Batalha.
Na autêntica e sórdida batalha.

Mas tira a gente invisível
que cerca perene a minha casa!"

Federico García Lorca

Maria disse...

O Ben Laden está-lhe atravessado.
Mas se não conseguir que seja no Afeganistão, Bush não deixa a Casa Branca sem fazer "outra" das dele (desta vez com o seu amigo de peito Uribe).
E nós lá vamos, com eles, alegremente, porque manda quem pode e obedece quem deve...
... até quando?

Um beijo

alex campos disse...

Assino por baixo, mas tenho uma pequeníssima divergência. Que, contudo, está resalvada no texto, e por isso, poderá ser sanada de imediato (a minha divergência. É que tenho muitas dúvidas que o Ben Laden alguma vez tivesse passado a trabalhar por conta própria.

Um abraço

Chalana disse...

Duas boas notícias, no entanto:

a) Musharraf caiu no Paquistão

b) Na Venezuela o sector cimenteiro foi nacionalizado

Chalana disse...

Duas boas notícias, no entanto:

a) Musharraf caiu no Paquistão

b) Na Venezuela o sector cimenteiro foi nacionalizado

Antuã disse...

assim vão os senhores da guerra. Até quando? Os povos um dia darão a resposta.

samuel disse...

É uma grande jogada de Uribe! Diz-se que a droga afegã é de grande qualidade. Passa a ter alguns "correios" em posição privilegiada e bem defendidos...

Abraço

julio disse...

uribe e bush, vão ter graves problemas com os submarinos construidos na selva, porque alem de montanhoso o afeganistão é muito árido...