FIDELIDADE AO PASSADO

Jurei a mim próprio não me referir à anunciada comunicação sobre uma questão grave com a qual - ontem, desde a manhã até às 20 horas e mais ou menos um minuto - o Presidente da República pôs o País em estado de «alerta».
Isto porque não gosto que insultem a minha inteligência e Aníbal Cavaco Silva é useiro e vezeiro nessa prática, desde que comecei a ouvi-lo, já lá vão quase trinta anos.

Falo-vos, então, sobre outro «alerta« ocorrido ali ao lado, em Espanha: foi o caso de jornalistas espanhóis se terem apercebido - e, em nome do direito dos leitores à informação, terem divulgado - que, ponto 1: «os Príncipes das Astúrias estão de férias em Mallorca»;
ponto 2: «a princesa Letizia está mais descontraída»;
e, ponto 3: a dita princesa «surpreendeu ao envergar um minivestido preto de Armand Basi e uns sapatos com um salto altíssimo».

A relevância desta informação - explicam os jornalistas - prende-se com o facto de tais preferências em matéria de vestuário significarem que, «vestindo Basi, Adolfo Dominguez e Mango», «Letizia está a seguir as tendências mais modernas», mas... - e é aqui que entra o «alerta» - a princesa «mantém-se fiel às suas marcas de sempre - Filipe Varela e Lorenzo Caprile».

Pronto: está a fidelidade ao passado assegurada.
Por parte da princesa, em matéria de vestuário. Por parte de Aníbal, em matéria de insultos à minha inteligência.

8 comentários:

vovó disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
samuel disse...

Já que estou aqui sentado e algo entediado... bem podiam trocar por uns minutos. A princesa Letizia insultava um bocadinho a minha inteligência e o Aníbal dava umas voltinhas com os vestidos dela.
Sei lá... era diferente...

samuel disse...

A remoção anterior foi minha. Um comentário que era para outro blog...
(São as visitas do meu "amigo alemão")

Antuã disse...

intelectualmente o Cavaco e a princesa estão bem um para o outro. temos que "tratar" do seu casamento. Teríamos o melhor programa cómico de sempre.

salvoconduto disse...

Mas porque é que ela teve que vestir o vestido da tal de Armand Basi, já não tem dinheiro para comprar um vestidinho?

Já imaginaram o Aníbal com uns sapatos com um salto altíssimo?

Maria disse...

A bem dizer eu já não consigo ver/ouvir o cavaco de maneira nenhuma. Mas não tenho outro remédio senão "aguentá-lo" mais o tempo que o povo português quiser...

A Letizia... olha, seria bem mais agradável o visual, que o da bocarra...

Um beijo grande

poesianopopular disse...

Comoçou com grande astúcia a campanha eleitoral do Sr. Silva.
Afinal daquela bocarra apenas saiu um ratinho minusculo!
Estavam todos à espera duma grande ratazan;não era?
Já se esqueceram que, nada acontece por acaso? A comunicação social está ao serviço de quem?
Não basta dizer gracinhas, é preciso pensar!

Fernando Samuel disse...

samuel: diferente e não só...

antuã: intelectualmente?: não sei...

salvoconduto: ela lá sabe...

maria: nem tem comparação...

josé manangão: a ratazana virou rato, foi?...