POEMA

MAS QUEM É O PARTIDO?


Mas quem é o Partido?
Está ele numa casa com telefones?
São secretos os seus pensamentos, incógnitas as suas decisões?
Quem é ele?

Nós somos ele.
Tu e eu e vós - nós todos.
Está metade no teu fato, camarada, e pensa dentro da tua cabeça.
Onde eu moro é a sua casa, e onde tu és atacado, aí luta ele.

Mostra-nos tu o caminho que devemos seguir, e nós
segui-lo-emos como tu, mas
não sigas sem nós o caminho exacto.
Sem nós é ele
o mais errado.
Não te afastes de nós!
Nós podemos errar, e tu podes ter razão, portanto
não te afastes de nós!

Que o caminho curto é melhor que o comprido, ninguém o nega.
Mas quando alguém o conhece
e não é capaz de no-lo mostrar, de que nos serve a sua sabedoria?
Sê sábio connosco!
Não te afastes de nós!

Brecht

7 comentários:

samuel disse...

Bom texto sobre quem é o Partido...
Há que reconhecer que Jerónimo de Sousa, na parte final do seu discurso, também não se saiu nada mal a explicar exactamente o mesmo. Foi mesmo brilhante!

Abraço

poesianopopular disse...

Eu sempre digo, quando necessário:-a vantagem de ser comunista, é ser inteligente, o resto,é consequência, disso.
O capitalismo presta-nos essa homenagem, porque somos o seu inimigo público.
A inteligência de Brecht, seá sempre uma realidade.

Justine disse...

Mais lucidez não é possível!

Fernando Samuel disse...

samuel: nada mal... nem sei, até, se não terão trocado umas opiniões os dois...
Um abraço.

poesianopopular: neste caso, a inteligência e o talento.
Um abraço.

justine: não é possível... nem se lhe exige mais...
Um beijo.

Ana Camarra disse...

Brecht está sempre actual, também o uso muito.
O Partido somos todos nós, camarada.
Somos nós assumindo todos os dias a postura que nos distingue, aplicando os nossos ideais, no trabalho, na familia com os amigos, sempre.
Até aqui nestes espaços virtuais.

beijocas

Fernando Samuel disse...

ana camarra:... e assim sendo, o Partido é mais, muito mais, do que a soma de nós todos...
Um beijo grande.

Susete Evaristo disse...

Amigo e Camarada não é a primeira vez que venho aqui a este teu espaço pois já aqui estive várias vezes, gosto do que escreves e como escreves, mas agora vou voltar muitas mais.
Um abraço