POEMA

QUERO FALAR DOS HERÓIS


Quero falar dos heróis
que fazem o edifício, dos homens
quero falar mas não para dizer
que são heróis mas para os citar
e pôr aqui uns com os outros
e comigo e com todos
o que semeia a cana,
o que a corta,
o que a carrega,
e que a leva de um lado para o outro
de camião, de carroça, de vagão,
o que enche a balança,
o que nutre a esteira,
o que alimenta os moínhos,
o que lubrifica as porcas,
o que trata dos fornos,
o que se ocupa do bagaço,
o que prepara a cal,
o cozinheiro,
o que vigia,
o que filtra a massa,
e que a clarifica,
o que controla a espessura com os dedos,
o que os enlouquece girando nas centrífugas,
o que dirige as operações
e todos os que ajudam estes homens
de uma forma ou de outra
- amando-os, citando-os.

David Chericián
(In Poesia Cubana da Revolução)

10 comentários:

Subterrâneo da Liberdade disse...

Caro Camarada,

Dignificar o trabalho é a melhor homenagem que se pode dar a um trabalhador.
O trabalho digno, com condições e direitos é parte importante na estrutura da sociedade, da familia, do Homem. Quem o cumpre, muitas vezes em condições adversas, é de facto um heroi que merece ser homenageado.

Saudações comunistas

Mário Figueiredo

samuel disse...

Só mesmo poetas com problemas mentais, ou pior ainda, comunas, é que se lembram de fazer versos ao trabalho e aos trabalhadores. Ele há cada um!...
Não tarda nada ainda temos por algum doido a escrever coisas tipo:

"Das prensas dos martelos das bigornas
das foices dos aradoa das charruas
das alfaias dos cascos e das dornas
é que nasce a canção que anda nas ruas... ... "

Abraço

Maria disse...

Que belo poema, mais uma vez...
Obrigada!

Um beijo grande

Justine disse...

São estes os verdadeiros heróis, os do dia-a-dia sem hostória...

poesianopopular disse...

Ou se está do lado dos trabalhadores, ou se está do lado dos exploradores!
Porque será que tantos poetas, estão do lado dos trabalhadores?

Fernando Samuel disse...

Mário Figueiredo: por isso a luta pelo trabalho com direitos está na nossa ordem do dia...
Um abraço, camarada.

samuel: não me admiro nada, estes poetas são (quase9 todos assim...
Abraço.

maria: um beijo grande.

justine: e é deles o futuro...
Um beijo.

poesianopopular: que é como quem diz. a barricada só tem dois lados: o nosso e o deles...
Um abraço.

ausenda disse...

Nunca é demais lembrar quem faz "girar" o mundo.
O pior é a mais-valia!!!!!!
Beijo, amigo

Fernando Samuel disse...

ausenda: e quem faz girar o mundo são os produtores da mais-valia...
Um beijo.

Hilário disse...

Heróis são todos aqueles que fazem rodar uma sociedade com o seu trabalho, lutando pelo bem estar do seu povo e caminhando na luta contra a exploração do homem pelo homem.

Abraço

Fernando Samuel disse...

hilário: é isso.
Um abraço.