SURPRESAS

A vida é feita... «de pequenos nadas» é certo, como muito bem canta o Sérgio Godinho, mas não só: também de surpresas.
Surpresas grandes, por vezes, daquelas que deixam uma pessoa literalmente de boca aberta.

Asim fiquei eu ao ler e ouvir uma notícia que nos últimos dias tem corrido todo o País: o apoio à candidatura presidencial de Manuel Alegre por parte de (segundo uns média) «um conjunto de destacados sindicalistas»; ou (segundo outros), «um conjunto de prestigiados sindicalistas».

«Destacados sindicalistas»?!!!; «prestigiados sindicalistas»?!!!: chiça!
Será que os média dominantes - que até agora têm tratado como a gente sabe os sindicalistas, os sindicatos e as lutas - vão, a partir de agora, mudar de agulha?...

A minha segunda (e ainda maior) surpresa veio logo a seguir, ao ler o texto no qual os «destacados»/«prestigiados» sindicalistas explicam e justificam as razões do seu apoio à referida candidatura.

Dizem eles que Alegre «nunca foi neutro, nunca baixou os braços, nunca fugiu de nenhum combate»;
e que «é um homem de palavra. De honra»;
e que «a vida política de Manuel Alegre é um espelho em que todos os democratas, independentemente do seu pendor ideológico, se podem rever»;
e que Alegre «nunca confundiu política com negócios, nunca colocou interesses pessoais ou ambições políticas acima dos interesses da democracia e de Portugal»;
e que Alegre, «com a sua palavra clara e corajosa tem defendido uma democracia isenta de jogos obscuros do poder pelo poder»;
e que Alegre «tem-se batido pelos direitos dos trabalhadores e contra o Código do Trabalho, pela contratação colectiva livre e dinâmica»;«e contra a precariedade do emprego, os contratos a termo arbitrário e os recibos verdes ilegais»;
e etc, etc, etc.


Vocês tinham conhecimento disto?
Eu não tinha, confesso - daí a minha surpresa...

13 comentários:

Maria disse...

Fiquei de boca aberta. É preciso ser-se descarado. Não sei quem são os 'prestigiados sindicalistas' que dizem o que os jornais escrevem. Mas sei que seguramente não defendem os meus interesses como trabalhadora!

Isto dá-me raiva!

Um beijo grande.

Anónimo disse...

mas se está surpreendido, entao vou lhe dar uma ajudinha para ficar esclarecido. na verdade para os comunistas ha dois tipos de sindalistas: uns sao manipulados e controlados pela agenda do PCP; e depois há outros(que nao fazem o gosto do PCP claro). bom agora é fazer as contas, como disse alguem, ver quais deles está nessa supresa...
o tempo o dirá - temos de ter mt calma.

J.Z.Mattos

Anónimo disse...

zzzz zzz zzz zzz ale matos!!!! és uma carraça pá!

Graciete Rietsch disse...

Muito se engana quem cuida!!!!!
Ou quererão eles enganar-nos a nós?

Um beijo.

samuel disse...

Não espanta que haja sindicalista apoiando destacadamente o prestigiado candidato... mas os encómios são de facto algo apardalantes. Enfim...

Abraço.

poesianopopular disse...

Será que:estão a falar da mesma pessoa, que nós já conhecemos de «Ginjeira»?
Felizmente que ainda existem portugueses que pensam, e não têm memória curta.
Abraço

Anónimo disse...

Manuel Alegre debate-se, agora, com um tremendo dilema:
Diz estar, "firmemente, contra o PEC, as suas injustiças, as privatizações", tal e tal...
Mas, já não sendo deputado, onde raio é que há-de ir votar a favôr???

Rui Silva

Antuã disse...

O único Manuel Alegre que eu conheço é de Águeda e é um grande aldrabão.

Fernando Samuel disse...

Maria: é preciso é calma...
Um beijo grande.

Graciete Rietsch: querem...
Um beijo.

samuel: o que espanta é que os média qualifiquem tão generosamente esses sindicalistas...
Um abraço.

poesianopopular: é exactamente nessa pessoa que estão a pensar...
Um abraço.

Rui Silva: boa pergunta!...
Um abraço.

Antuã: se é esse que conheces...
Um abraço.

alex campos disse...

Esses "sindicalistas" têm imensa piada. Os Monthy Python estarão a pensar: e nós a julgar que éramos uns bons cómicos.

Fernando Samuel disse...

alex campos: têm muita piada, de facto...

Um abraço.

joão l.henrique disse...

«a vida política de Manuel Alegre é um espelho em que todos os democratas, independentemente do seu pendor ideológico, se podem rever»;

Chiça penico!!
Vão lá fazer isso... p'outros quintais.

Um abraço.

Fernando Samuel disse...

joão l.henrique: exactamente...
Um abraço.