POEMA

VOU A CANTAR...

Vou a cantar! Vou a cantar!

... mas cada vez mais próximo da Esquina
onde está talvez à minha espera...
a Garra.
Saída do outro lado do Ar...
a Garra.
Pendida da pele da sombra...
a Garra.
Implacável no silêncio curvo...
a Garra.

Mas talvez não seja ainda naquela esquina.
Talvez só na outra mais adiante
onde se vê uma ave a esvoaçar
na sombra do muro...

(O melhor é cantar! O melhor é cantar!)

José Gomes Ferreira.

6 comentários:

poesianopopular disse...

O josé Gomes Ferreira: - era grande por fora e por dentro!

samuel disse...

E foi mesmo só por alguns grandes portugueses serem assim, que conseguimos chegar até aqui... e com vontade de continuar a cantar e a fintar as novas Garras.

Fernando Samuel disse...

josé manangão: Era... grande poeta, grande camarada...
Abraço.


samuel: ... que podem estar na próxima Esquina... ou na outra... é preciso cantar...
Abraço.

Justine disse...

Vamos continuar a cantar, até à próxima esquina!

Antuã disse...

iremos de esquina em esquina.

Fernando Samuel disse...

justine e antuã: cantar, cantar sempre...