A GRANDE GOLPAÇA

«O Tratado está morto»: concluiram todas as pessoas sérias após a vitória do «não» na Irlanda.
«O Tratado está vivo»: concluiram todas as outras pessoas, na mesma altura - e trataram de anunciar publicamente a sua disposição de recorrer a todas as aldrabices, vigarices, trapaceirisses, trafulhices - enfim à grande golpaça - para que o «não» irlandês contasse como «sim».

Agora vem o Sarkozy e diz que «a França e a Irlanda vão apresentar uma proposta para ressuscitar o Tratado» - com isto confirmando duas coisas essenciais:
1 - o Tratado está morto;
2 - a promessa de o ressuscitar significa que a grande golpaça vai de vento em popa.

Não há dúvida: estes líderes da União Europeia estragam os seus súbditos com tantos mimos democráticos...

7 comentários:

zambujal disse...

Pois... só se pode (pode?) ressuscitar o que morto está!
Bem "apanhado(s)"

CS disse...

Já é a segunda ressurreição!...
E ressuscita e morre e morre e ressuscita e apodrece e cheira mal e é enterrado e ressuscita e morre. Porra que é teimoso!

samuel disse...

Acho que devem marcar referendos à cadência de um por semana... até dar bingo.

Maria disse...

Ressuscitá-lo até à exaustão....
Pois!
Vamos ver qual vai ser a grande golpaça.

Antuã disse...

A teimosia vai até uma guerra civil europeia?!...

Fernando Samuel disse...

zambujal: nem mais...

cs: há teimosias que cheiram mal...

samuel: e far-se-ão tntos referendos quantos os necessários para o «sim» ganhar...

maria: há-de andar próximo do que o samuel diz...

antuã: vai até onde (lhes) for necessário...

Anónimo disse...

Não é por causa de um Estado que se vai liquidar o que outros 26 soberanos decidiram favoravelmente!
Os outros 26 tambem merecem respeito pelas decisões dos seus Parlamentos.

J.Z.Mattos