POEMA

ELÉCTRICO


XXI


(Canta, canta, sem problemas.)


Melodia apenas
- sem caveiras de fogo
a iluminarem o pensamento das pedras.

Melodia penas
- sem o suor das mãos dadas
no guiar dos labirintos.

Melodia apenas
- sem lágrimas por dentro das flores
a queimarem os corações dos mortos.

Melodia apenas
dos pássaros ocos
a cantarem nas árvores
a repetição emplumada
do cio do primeiro mundo...

Vem, melodia!

Melodia apenas.


José Gomes Ferreira

6 comentários:

Graciete Rietsch disse...

Melodia apenas mas entoando um cântico de luta sem medos nem conformismos.

"VEM MELODIA"

Um beijo.

samuel disse...

Vem, melodia! Nós nos encarregaremos de escrever uma letra...

Abraço.

Maria disse...

E já é tanto...

Um beijo grande.

smvasconcelos disse...

"Melodia, apenas" , e só melodia...!!
beijo

Justine disse...

Tão belo!

Fernando Samuel disse...

Graciete Rietsch: melodia de luta...
Um beijo.

samuel: e então tudo ficará como deve ser...
Um abraço.

Maria: é...
Um beijo grande.

smvasconcelos: à espera de uma palavra...
Um beijo.

Justine: um beijo.