A DEMOCRACIA DELES

A intensificação das provocações do imperialismo norte-americano contra os regimes progressistas da América Latina está a assumir aspectos de extrema gravidade.
Nos últimos dias, as provocações sucedem-se, especialmente a partir da Colômbia, a menina dos olhos de Obama naquela região.
A Venezuela é o alvo prioritário, estando criada uma situação que levou o Presidente Hugo Chávez a anular a sua viagem a Cuba e sendo previsível, a curto prazo, o agravamento e a agudização da situação.

Entretanto, paramilitares colombianos vêm a público revelar as práticas a que recorrem na sua acção ao serviço do regime.
Dizem eles que as ordens que têm - vindas do narco-fascista Uribe, obviamente - são no sentido de matar os inimigos mas sem deixar rasto, ou seja «fazer desaparecer os corpos de qualquer maneira», de forma a que não haja provas dos crimes que cometem.
Para cumprir as ordens, os paramilitares têm recorrido a métodos vários, designadamente «desmembrar os corpos e enterrá-los em valas comuns ou lançá-los aos rios».

Calcula-se que existam na Colômbia mais de mil valas comuns com milhares de corpos - recentemente foi descoberta uma com dois mil corpos.
Os militares uribistas dizem que se trata de «guerrilheiros mortos em combate», mas a verdade é que se trata de «líderes sociais, camponeses e comunitários dados como desaparecidos».
Um paramilitar, falando das valas comuns para onde são lançadas as vítimas, confessa que «muitas vezes isso é feito com as pessoas ainda vivas».
Todavia, a maior e mais recente inovação introduzida na Colômbia para fazer desaparecer os corpos, reside, dizem os paramilitares, nos «fornos crematórios onde os corpos são incinerados».

É esta a «democracia» que Obama e os seus lacaios querem impor à América Latina.

9 comentários:

Maria disse...

É de tal forma nojenta a actuação da administração Obama que já não tenho palavras escrevíveis para comentar o teu post. Tenho uma enorme raiva dentro de mim. Apetece-me gritar.

Vou respirar fundo.
Um beijo grande.

trepadeira disse...

Só chegou ao poder porque já mais ninguém tinha credibilidade e,aparente,moral para ainda os enganar outra vez.
Nada há a esperar de uma democracia formal(as eleições por sí só não definem um regime como democrático)onde apenas os mais ricos dos ricos,ou os deles dependentes,chegam ao poder.
mário

samuel disse...

Mas a máscara demora a cair...

Abraço.

do Zambujal disse...

Pois! É a democraCIA...

Um abraço

smvasconcelos disse...

Estas histórias chocam e são veladas pela comunicação vigente. Obama já teve tempo para assumir o que é, o engano, se o houve, desmoronou-se, e o Iraque, Afeganistão, Honduras, Guantánamo, Colômbia comprovam-no...:(
beijos,

Pintassilgo disse...

São criminosos hediondos apoiados por Mários Soares e outros democraciáticos.

Graciete Rietsch disse...

Métodos absolutamente nazis. Mas a História contará a verdade. O problema são os branqueamentos que todos os dias se fazem, mas que serão desmascarsdos.

Um beijo.

poesianopopular disse...

A diferença entre Obama e os anteriores é apenas na idade, este é mais jovem, tem mais tempo para praticar mais crimes!
Abraço

Antuã disse...

Que esperar do Prémio ignóbel da Paz?!....