O SR. LOPES

Esperto, mas mesmo esperto, vivaço, é o sr. Lopes.
Para ele, existem «duas vias para resolver a crise»:

diminuir muito, muito os salários (entre 15 a 30%);
ou aumentar muito, muito os impostos (não quantificou).

O sr. Lopes acha também que se deve mudar rapidamente a idade da reforma (tal como diz a Comissão Europeia do Barroso, que já avisou todos os países membros de que 70 anos é a idade certa para os trabalhadores se reformarem...)

O sr. Lopes começou a dizer estas coisas nas jornadas parlamentares do PSD e, como é hábito nestas situações, logo se viu acompanhado pelo coro síncrono dos economistas, analistas e comentaristas de serviço aos interesses do grande capital.
Todos repetindo-o e repetindo-se em tudo quanto é sítio.
Todos mostrando trabalho feito a quem lhes paga.
Todos justificando os chorudos salários que recebem.
Vários (entre eles o sr. Lopes) justificando as várias e chorudas reformas que recebem há vários anos.

Isto porque, quando o sr. Lopes e os seus ecos defendem a diminuição dos salários, estão a falar nos salários de quem trabalha - assim se excluindo desde logo a si próprios...
Isto porque os salários do sr. Lopes e dos seus ecos são pagos pela tal «mão invisível» de que falou há dias o insustentável Presidente da República...

11 comentários:

samuel disse...

Não há nada melhor para o sistema e os seus "lopes", do que um trabalhador que morre um mês depois de se reformar... ou mesmo antes...

Abraço.

GR disse...

Este energúmeno não têm vergonha na cara!
SILVA LOPES, com 77 (setenta e sete) anos de idade, ex-Administrador do Montepio Geral, de onde saiu há pouco tempo com uma indemnização de mais de 400.000 euros, acrescidos de várias reformas que tem, uma das quais do Banco de Portugal como ex-governador, logo que saiu do Montepio foi nomeado Administrador da EDP RENOVÁVEIS, empresa do Grupo EDP.
Silva Lopes foi o tal que afirmou ser necessário, o congelamento de salários e o não aumento do salário mínimo nacional.

Pode roubar o dinheiro aos trabalhadores, mas não nos rouba a vontade que nos dá de lutarmos com mais força, diariamente!

Bjs,

GR

smvasconcelos disse...

A lata destes individuos!!! Pedir o sacrifício de milhares de assalariados para ele continuar a usufruir das reformas milionárias que dispõe. De facto ao que chegámos... já não têm qualquer pudor ou vergonha na cara!
beijo,

Antuã disse...

Já estamos fartos de ladrões.

Graciete Rietsch disse...

Mas quem são "os outros"?. Importantes são os srs Lopes e nesses não se toca!!!!!!!!!!!!!

Um beijo indignado com tanta injustiça.

Pedro Namora disse...

Em todos os locais onde me desloco, protesto contra os canalhas. Todas as pessoas verbalizam a repulsa que os bandidos lhes provocam. É claro que depois os media do sistema remedeiam a situação e convertem em voto sempre igual este descontentamento. Faz-me recordar os anos em que fui membro de uma comissão de trabalhadores. Todos os projectos de lei apresentados pelo PCP na AR e submetidos a discussão pública, foram, em plenários de trabalhadores, bastante concorridos, aprovados por unanimidade. Mas depois nas eleições, esta realidade nacional não surgia.
É pois evidente que os canalhas só persistem no crime reiterado porque outros canalhas trabalham e possuem meios poderosíssimos para lavar a memória das pessoas apagando qualquer resquício de revolta que vá para lá da mera alternância entre escroques ps e bandalhos psd.
Perante isto sei bem que a alternativa é lutar! Mas, porra, não será possível, pelo menos e entretanto, berrar-lhes nos focinhos sujos as merdas que são? Os roubos que cometem? Os irreais rendimentos que auferem?
Além das difíceis condições de vida, temos que suportar o asco provocado pelos javardos que provocaram esta situação.

Maria disse...

Este snr. lopes devia PAGAR para botar faladura, em vez de receber as chorudas reformas que recebe e ainda o(s) ordenado(s) que gloriosamente lhe pagam(os).
Este snr. lopes devia era ter vergonha na p... da cara quando fala em diminuir os salários e aumentar os impostos.
Este snr. lopes é um escroque. E já perdi demasiado tempo com ele.

Um beijo grande.
(já com saudades de empadas e do resto...)

Membro do Povo disse...

Eu não vou durar 70 anos. A minha saúde vai-se debilitar bastante quando cortar na despesa da comida para poupar para pagar casa e impostos, e a própria comida será pouco nutritiva e transgénica, não sei se conseguirei pagar a factura da água o que condicionará a minha higiene, e depois de tudo isto não poderei pagar a conta do hospital.
Devo morrer por volta dos 50 anos e o meu patrão estará a dever-me umas milhares de horas de trabalho, guardadas num banco de horas que nunca quis à espera de nunca serem pagas!

Fernando Samuel disse...

samuel: aí está: a morte como idade de reforma...
Um abraço.

GR: este Lopes de que falo é o Ernâni, mas como demonstras há mais lopes...
Um beijo.

smvasconcelos: vergonha?, não, não têm.
Um beijo.

Antuã: e isto ainda agora começou...
Um abraço.

Graciete Rietsch: os lopes são intocáveis...
Um beijo.

Pedro Namora: gritemos-lhes todas as verdades... mas lutemos, lutemos sempre.
Um abraço.

Maria: o sr. Lopes farta-se de ganhar connosco...
Um beijo grande.

Mambro do Povo: é um cenário plausível...
Um abraço.

Nelson Ricardo disse...

Não é preciso ser Lopes para aparecer nos jornais ou na televisão, basta ser um sacana e traidor do povo.

Um Abraço.

Fernando Samuel disse...

Nelson Ricardo: nem mais.
Um abraço.