POEMA

(AO DEIXAR NOVA IORQUE)


Escapei aos tigres,
alimentei percevejos,
fui devorado
pelas mediocridades.


Brecht

5 comentários:

Irlando disse...

Mas entre os oprimidos muitos há que agora dizem:
Aquilo que nós queremos nunca mais alcançaremos.

BRECHT

Justine disse...

...a pior das pragas:))

samuel disse...

De longe, a maior ameaça!

Abraço.

Maria disse...

Toda a cautela é pouca. Livremo-nos da mediocridade!

Um beijo grande

Ana Camarra disse...

Uma fauna interessante.

(Eu gosto de tigres....)