QUE FAZER?

Através do verbo prolixo e inflamado de Sócrates, vamos sendo informados que vivemos no melhor dos mundos; que não há crise que faça travar a marcha gloriosa da política de direita rumo ao recanto mais aprazível do paraíso terrestre; que amanhã tudo será ainda melhor; etc, etc, etc.

Através da vida que levamos, vamos constatando dolorosamente que o reino de Sócrates não é deste mundo; que cada vez nos sobra mais mês no fim do salário; que o desemprego e o emprego precário aumentam; que os ataques aos nossos direitos, liberdades e garantias se multiplicam, etc, etc, etc.

Através de números ontem fornecidos pelo Banco de Portugal, ficámos a saber que «o total das dívidas contraídas pelas famílias portuguesas representa em média dois anos de salários»; que «as condições deverão agravar-se ainda mais em 2009, colocando sobretudo em risco as famílias mais carenciadas e os agregados mais jovens», etc, etc, etc.


Pergunto: face a este panorama, QUE FAZER?

11 comentários:

Ana Camarra disse...

Que Fazer?

Lutar, denunciar, não esquecer e não deixar esquecer isto tudo, para as eleições que estã a chegar...
Não parar, nunca, não baixar os braços.

Beijos

João Filipe Rodrigues disse...

LUTAR!

Hilário disse...

Continuar a nossa luta é a única alternativa para acabar com esta gentalha!!!!!
Um grande Abraço

Antuã disse...

Correr com o Socretino.

samuel disse...

Ora deixa lá pôr a "cassete"...
Mudar de política!... Só que não pode ser com esta gente (pelo menos uma boa parte...)

salvoconduto disse...

A mim apetece-me ir para a rua gritar: socorro, tirem-me daqui! Mas acho melhor correr com "eles".

Abraço.

poesianopopular disse...

Usar a inteligência uni-la à eficácia, pôr toda a gente a pensar,é preciso toda a concentração, já não basta lutar, é preciso vencer!
Abraço camarada

Maria disse...

Lutar até correr com eles do governo, certo?

Um beijo grande

Crixus disse...

É tempo de lutar, É tempo de mudar! Mais força ao PCP
Abraço

Ludo Rex disse...

Não baixar os braço e Lutar,
Lutar Sempre!

Abraço

julio disse...

não baixar a guarda...
lutar...sempre!