POEMA

PAPO


Lá vem o quarto administrador
pôr o ponto final na administração.

É muito sério este senhor:

Ai, meu Deus...
(Refiro-me ao poeta João da Cartilha)
«O dinheiro é tão bonito...
Tlim...)

Que bonita quadrilha!



Francisco Viana

8 comentários:

Ana Camarra disse...

Por acaso não conhecia o poema, mas conheço um João da Cartilha, curiosamente, chama-se mesmo João, é do burgo, é administrador, foi de várias empresas publicas, cada vez que ingressava numa, punha-le um ponto final.
Ou fechavam ou eram privatizadas....

beijos

Antonio Lains Galamba disse...

fecha-se a mina!
que bonita quadrilha!

samuel disse...

Uma espécie de Cadilhe...

poesianopopular disse...

Ái Frncisco Viana...Se fosse só uma, mas o pior é que..........

Abraço camarada

Maria disse...

E esta quadrilha tem uma tendência para aumentar...

Um beijo

Fernando Samuel disse...

ana camarra: aí está um gestor-tipo da política iniciada pelo dr. mário soares em 1976...
Um beijo.

antonio lains galamba: estas quadrilhas são todas da mesma família...
Abração.

samuel: exactamente!...
Um abraço.

poesianopopular: o pior é que...
Um abraço.

maria: para se multiplicar...
Um beijo grande.

GR disse...

Fernando Samuel,

Com um poema consegues dar-nos o ponto da situação, sobre o fecho da Mina (e de tantas outras empresas).
Impressionante!
Como conheces tantos poemas, tantos poetas.

Bjs

GR

Antuã disse...

Temos que acabar com a quadrilha. Abaixo os quadrilheiros!... Eles estão no Bloco Central de Interesses. Só ou há outro bloco afim?!...