VIVA O 1º DE MAIO

Hoje é 1º de Maio.
Por todo o País, os trabalhadores comemoram o seu DIA.
Ao apelo da sua Central Sindical - a CGTP-IN.
Em luta - porque a situação o exige.
Luta pelos seus direitos e interesses. Luta pela democracia. Luta por Abril.

A luta do 1º de Maio de hoje integra todas as lutas de todos os primeiros de Maio que passaram:
- o primeiro, comemorado há 120 anos;
- o 1º de Maio de 1962, o maior de todos ocorrido durante o regime fascista, no decorrer do qual a polícia fascista assassinou, em Lisboa, o jovem operário Estêvão Giro;
- «o primeiro 1º de Maio», o de 74, que foi ponto de partida crucial para a Revolução de Abril;
- o 1º de Maio de 1975, em que os trabalhadores souberam rechaçar a provocação montada e executada por Mário Soares e a sua tropa de choque (provocação repetida em 2009, tendo como provocador de serviço Vital Moreira)
- o 1º de Maio de 1982 em que, no Porto, na sequência de uma provocação montada pelo governo PSD/CDS e pela sua tropa de choque da UGT, a polícia de choque assassinou dois jovens trabalhadores: Pedro Vieira e Mário Gonçalves.


Por tudo isso, a luta do 1º de Maio de hoje será ponto de partida para a luta no futuro imediato: a luta necessária para a ruptura com a política de direita e para a implementação de uma política de esquerda, inspirada nos valores e nos ideais de Abril.

Viva o 1º de Maio!

8 comentários:

Graciete Rietsch disse...

Quero deixar aqui a minha homenagem comovida aos mortos de Maio depois de Abril.
Um beijo.

smvasconcelos disse...

Um dia, que face à conjuntura de crise actual ( e falo da crise social...)se impõe com extrema relevância de reafirmação de LUTA!!
"A Luta de quem trabalha".
beijo.

antuã disse...

Vou já acaminho para a manifestação em aveiro. Aluta continua mesmo com o derrame do nosso próprio sangue.

Nelson Ricardo disse...

Eu lá estive ao lado da classe trabalhadora da região de Leiria. De trabalhadores que não vêm meses de salário serem pagos, ou de quem sofre acidentes de trabalho e as empresas se desresponsabilizam.

Viva Maio! Um Abraço!

joão l.henrique disse...

Que este 1º de Maio seja o início de uma estrada que nos conduza a uma outra política que seja de esquerda.

Um abraço.

GR disse...

Maio cresce a cada ano! no Porto mais de 20 000 manifestantes, Aveiro mais de 5 000.
A 29 de Maio este número duplicará, engrossando as fileiras de todos aqueles que querem uma nova política.
Viva a Luta dos Trabalhadores!

Bjs,

GR

Maria disse...

E hoje já é 2 de Maio, mas é sempre hora de dizer 'Viva o 1º de Maio'!
E vamos aos trabalho para fazer de 29 de Maio uma grande Manifestação!

Um beijo grande.

Fernando Samuel disse...

Graciete Rietsch: os teus jovens conterrâneos...
Um beijo.

smvasconcelos: a luta é a festa dos trabalhadores...
Um beijo.

antuã: a luta continua seja em que circunstâncias for.
Um abraço.

Nelson Ricardo: e precisamos de trazer mais gente à luta.
Um abraço.

joão l.henrique: foi um importante ponto de passagem para esse futuro.
Um abraço.

GR: temos que dar mais e mais força à luta.
Um beijo.

Maria: 29 de Maio vai ser uma série de «somas»...
Um beijo grande.