PALAVRAS NECESSÁRIAS

Palavras de Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP.
Na Voz do Operário, a voz do Partido da classe operária e de todos os trabalhadores:


«Dizemos aos portugueses: não se resignem, não acreditem em fatalismos, engrossem a corrente de luta que dê uma forte resposta à ofensiva que aí está.

A luta de massas é a única saída que pode travar a ofensiva.
Só a luta da classe operária, dos trabalhadores, dos jovens e das populações pode assegurar e determinar a concretização de uma ruptura com a política de direita e uma mudança na vida nacional.

Nós não desarmaremos e muito menos renunciaremos. Porque este é o caminho que é necessário percorrer, porque é a única solução para dar a volta à situação a que o país chegou.

É com confiança na justeza dos combates que trava que o PCP aqui está e estará na luta, transportando consigo o projecto e o ideal da construção do socialismo».



DIA 29 TODOS OS CAMINHOS VÃO DAR A LISBOA!

10 comentários:

Maria disse...

E o pm está a 'debitar' na AR na discussão do moção de censura!
Mas hoje leva cábula...

Um beijo grande.

samuel disse...

Palavras certas! E necessárias...

Abraço.

Justine disse...

Totalmente de acrodo com ele!
E lá estaremos, a 29!

Nelson Ricardo disse...

Palavras certeiras! Há que as fazer chegar aos quatro cantos do país para que cada vez mais pessoas entrem nas fileiras da nossa luta.

Um Abraço

poesianopopular disse...

Os trabalhadores não podem esperar benesses, tudo tem de ser conquistado,com mais ou menos sacrifício.
Poderá parecer que:é mais uma manifestação, mas não se deixem iludir, porque cada uma é mais importante que a outra, são direitos adquiridos que estão em causa.
Ainda que a chuva inunde,ou o sol queime, dia 29, todos os caminhos vão dar aos Restauradores.
Até lá.
Abraço

joão l.henrique disse...

«A luta de massas é a única saída».

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

Não nos podemos resignar nem vacilar. A coragem deste Povo Sofredor não permitirá a derrocada dos ideais de ABRIL.

Um beijo.

Antuã disse...

Isto vai pulso a pulso.

Anónimo disse...

o tempo é escasso, e uma pequena mazela veio atormentar-me.
tentaremos estar presentes,
e sim, a luta é a única via possível.
um vale de abraços.

Fernando Samuel disse...

Maria: a cábula de sempre...
Um beijo grande.

samuel: ... oportunas, na mouche...
Um abraço.

Justine: a ver se desta vez nos encontramos.
Um beijo.

Nelson Ricardo: e a participação dos jovens é fundamental. Bom Congresso.
Um abraço.

poesianopopular: sem luta nada se consegue.
Um abraço.

joão l.henrique: sem dúvida!
Um abraço.

Graciete Rietsch: lutar é o caminho.
Um beijo.

Antuã: mas vai...
Um abraço.

vale: que a pequena mazela se cure depressa.
Um abraço.