ALGUÉM ME AJUDA?

Nós já sabíamos que ele sabia tudo sobre as condições sub-humanas dos presos de Guantánamo: os interrogatórios brutais, as humilhações, as torturas bárbaras, enfim, tudo o que é característico da prática dos representantes da «pátria da democracia, da liberdade e dos direitos humanos».

Sabíamos também que, sabendo o que sabia, ele deveria saber muito mais do que aquilo que vinha a público.

Sabíamos igualmente que os seus homens de mão sabiam, no mínimo, tanto como ele.

E todos estes saberes são agora confirmados e ampliados com a publicação de um documento, assinado pelo coronel Lawrence Wilkerson («antigo braço-direito do ex-secretário de Estado Colin Powel») e no qual nos é dito que ele (Bush) e os seus homens de mão (Cheney e Rumsfeld) sabiam tudo sobre Guantánamo.
Tudo, significa: tudo o que acima é enunciado e mais o que, agora, se sabe com este documento: os três facínoras sabiam que «a maioria dos 742 detidos em Guantánamo eram inocentes».

Isto é: sabiam, quando os prenderam, que eles eram inocentes; sabiam, quando os interrogaram, que eles eram inocentes; sabiam, quando os torturaram, que eles eram inocentes.

Alguém me ajuda a encontrar as palavras certas para qualificar estes actos desta canalha?

12 comentários:

alex campos disse...

Não devem existir palavras para classificar as canalhices destes canalhas.

Um abraço

Graciete Rietsch disse...

Não há palavras. Repulsa é uma palavra muito branda.
Será que há quem ainda continue a saber?!

Um beijo

Anónimo disse...

sobre este tema nao me interessa absolutamente nada os que os americanos fizeram.

gostaria sim de saber a vossa opiniao sobre uma noticia do jornal público sobre a acusação de Florival Lança ao PCP sobre as suas pressoes dentro da CGTP (pág.6).
é verdade ou será que é mais, como sabiam, uma noticia dos já sabiam media dominante, que ja sabemos que é propriedade, como já sabemos, do grande capital.

J.Z.Mattos

smvasconcelos disse...

Só por pudor, admito, não te manifesto a(s) palavra (s) certa (s).
beijo!

samuel disse...

Olha o Mattos a querer fazer uma graça com o texto... mas sem talento para o fazer!
O Mattos conseguiu encontrar um texto sobre um cromo qualquer que faz acusações aos comunistas sobre isto e aquilo. O Mattos anda distraído. Não há um... são às centenas! Desde o tempo de Salazar que os comunistas são acusados de isto e de aquilo. É um hábito antigo que o Mattoa sapenas repesca. A versão do Mattos apenas tem mais "tês". :-)))
Divido as "palavras certas" aqui com o Mattos, que é bem merecedor.

MR disse...

O despropósito é de muito mau gosto Jzzzttos.
Mas ainda há quem leia o publicuzinho?
Olhe, rico, há muito quem ande a querer dominar a vida de quem trabalha.

Conheço um chorrilho de palavrões que satisfariam o quesito. Todavia acredito que não devem ser empregues neste contexto

Hilário disse...

Quanto ao Mattinhos, coitadinho, vamos deixá-lo poisar.

Quanto aos outros são,Fp,Cab.fasc,etc,etc,etc.
São tudo do pior que pode existir neste mundo.
Um Abraço

bordoada disse...

oh carraceiro, pena mesmo é o publico fazer noticia do que não é noticia. Houve um congresso, com votação, e esse senhor mais a sua opção perderam. esta a ver? ainda ha sitios onde quem manda é a maioria. DEMOCRACIA, entende???? não havia nezezzidadezzzzzzzzz

Fernando Samuel disse...

alex campos: temos que inventar novas palavras.
Um abraço.

Graciete Rietsch: um dia havemos de inventar as palavras necessárias...
Um beijo.

smvasconcelos: foi por isso que eu não escrevi as «palavras certas»...
Um beijo.

samuel: justa divisão, essa...
Um abraço.

MR: as palavras que apetece escrever!...
Um abraço.

Hilário: do pior: dizes bem.
Um abraço.

bordoada: um abraço.

Maria disse...

Eu ajudo, mas não as escrevo aqui. Porque este blogue me merece todo o respeito e a canalha não.
Digo-tas um dia destes...

Um beijo grande.

Fernando Samuel disse...

Maria: como eu te entendo...

Um beijo grande.

Anónimo disse...

eu sei classificar essa canalha:
lixo humano.
abraço do vale