AI DE NÓS...

Como todos os dias nos dizem, explícita ou implicitamente, os média dominantes, a invasão e ocupação de países pelos EUA tem sempre objectivos libertadores e nobres desígnios, como sejam a defesa da democracia, da liberdade e dos direitos humanos e, complementarmente, o combate ao terrorismo e ao narcotráfico.

Como todos os dias nos diz a verdade, o que acontece em todos os países «libertados» é exactamente o contrário do que nos dizem os média dominantes.

Eis (mais) um exemplo: de acordo com dados apurados pelas autoridades russas em colaboração com a ONU, o cultivo e tráfico de drogas no Afeganistão aumentou 40 vezes depois da «libertação»...
Em 2008, o total da produção de droga ascendeu a 7 500 toneladas, retiradas dos quase 200 mil hectares de cultivo - sendo que 92 por cento das plantações e laboratórios encontram-se em regiões controladas pelas tropas «libertadoras»...

Mais: a maior parte da droga produzida é adquirida por uma organização dirigida pelo meio-irmão do «presidente» Kazai - organização essa que é controlada pelo Pentágono.
Ao que parece, a droga chega à Europa transportada por aviões do exército dos EUA - aviões que fazem escala na base militar de Camp Bondsteel, no Kosovo, «país» também «libertado» pelos EUA e cujo primeiro-ministro, Hashim Thaçi, conhecido terrorista, é um dos chefes da máfia local.

Mas isto, sou eu a falar - porque, como todos os dias nos dizem os média dominantes, ai de nós, sem a abnegada, generosa e altruísta acção planetária dos EUA na defesa da democracia, da liberdade e dos direitos humanos e no combate ao terrorismo e ao narcotráfico...

7 comentários:

Graciete Rietsch disse...

"É preciso avisar toda a gente
Dar notícia, informar, prevenir"

Mas quem nos informa? Os nossos "media"?
Esses só desinformam.
Obrigada. Um beijo.

Maria disse...

Porque será que este post não me surpreende...

Um beijo grande.

MR disse...

Recorda uma canção, de José Barata-Moura, cujo refrão será mais ou menos assim (se a memória me não falha):

Ai CIA, CIA
Ai se a Lua, meu amor,
Se fosse embora
da nossa rua
por uma hora

Neste caso, da nossa rua e da dos outros povos, já agora...

smvasconcelos disse...

Quem diria?!
Desgosta-me, claro, mas surpreender, de facto, não me surpreende. Obrigada pela informação, pela vigente jamais o saberia.
beijo,

GR disse...

Uma certeza temos verídica e confirmada;
sempre que EUA ocupam um país enriquecem,
sempre através da corrupção, roubo e terrorismo.
AI DE NÓS...se não lêssemos o Avante!

Bjs,
GR

samuel disse...

Agora o Karzai fez um "treato" com um discurso muito cheio de soberania e anti ocidente... e a Clinton entrou no "treato".
Amanhã será um dos outros fantoches, depois outro...

Abraço.

Fernando Samuel disse...

Graciete Rietsch: passando a palavra...
Um beijo.

Maria: por que será?...
Um beijo grande.

MR. Uma belíssima (e oportuníssima) canção, essa do Barata Moura.
Um abraço.

smvasconcelos: estas notícias não interessam aos média dominantes...
Um beijo.

GR: precisamente donde esta notícia foi tirada...
Um beijo grande.

samuel: são todos grande figurantes...
Um abraço.