POEMA

CARTILHA DE GUERRA ALEMÃ (5)


Na parede está escrito a giz:
«Queremos a guerra»
O que escreveu isto
já caíu morto.


Brecht

4 comentários:

smvasconcelos disse...

E cairão todos (mortos) os que continuam a promovê-la...
Incompreensível é que não se aprenda com os erros da História

poesianopopular disse...

Será que - serviu de exêmplo?
Ou será que até o exêmplo,já foi inflácionado?
Abraço grande!

samuel disse...

Aqueles que a querem realmente, não andam a escrevê-lo nas paredes... e não morrem facilmente.

Abraço.

Maria disse...

São sempre estes que morrem... e às vezes nem percebem como.
Essencial, Brecht!

Um beijo grande