POEMA

CARTILHA DE GUERRA ALEMÃ (3)


Sempre e sempre
escreve o vencedor a história do vencido.
O matador desfigura
as feições do assassinado.
Do mundo vai-se o mais fraco,
e o que fica é a Mentira.


Brecht

5 comentários:

Maria disse...

Até um dia...

Um beijo grande

samuel disse...

Quem conta a História "oficial" são os cronistas do regime.

Abraço.

smvasconcelos disse...

... pois, quantas vezes a História não é mais do que uma mentira engenhada pelo sistema vigente!...
beijos,

duarte disse...

as marcas do passado está gravada nos despojos, nas pedras espalhadas, nas trincheiras com ossadas...
O resto? são só palavras!
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

Maria: claro...
Um beijo grande.

samuel: pagos (bem pagos) à peça...
Um abraço.

smvasconcelos: veja-se a história do fascismo em Portugal, engendrada pelos estoriadores do sistema...
Um beijo.

duarte: é isso.
Um abraço.