DEMOCRACIA COMEZINHA

«Um problema comezinho»: eis como Mário Soares considera este caso de corrupção, tráfico de influências & etc, conhecido por Face Oculta.
Há que reconhecer a pertinência e a oportunidade desta opinião do pai da política de direita - aliás, a confirmar esta realidade comezinha: Soares está sempre, sempre em cima da jogada...

A verdade é que, neste cadaveroso reyno da política de direita, a degradação e a abjecção são de tal ordem que não há bandalheira, por maior e mais grave que seja, que não seja «um problema comezinho»...

Comezinha é a multiplicação das «faces ocultas» - e a consequente multiplicação das «faces ocultas arquivadas».
Comezinhos são, por esta ordem: 1 - o surgimento do nome do primeiro-ministro ligado a muitos desses «casos»; 2 - o surgimento de uma branqueadora «campanha negra» que resolve tudo; 3 - e, adeus, até ao meu regresso.

O «problema comezinho» é um filho da mãe danado e todos os dias temos temos notícias dele, já que, sendo o filho querido da política de direita, pulula em todas as divisões da casa familiar: veja-se, por exemplo, o «caso» desta senhora que, porque não integrou as listas do PS para a AR, e tendo sido derrotada na sua candidatura à Câmara de Alpiarça, foi agora compensada com o cargo de Governadora Civil de Santarém. Ou este outro «problema comezinho» de um colega da dita senhora que, porque não foi eleito para a Assembleia da República na lista do PS em Lisboa, vai ser agora premiado com o cargo de Governador Civil de Lisboa. Ou, ainda nesta mesma área do «comezinho», este colega dos dois anteriores premiados, que, derrotado na eleição para a Câmara de Espinho, acaba de ganhar a nomeação para Governador Civil de Aveiro.

Isto para não falarmos do «problema comezinho» que é a engorda constante dos lucros dos grandes grupos económicos e financeiros - e, na outra face do «comezinho», o aumento constante do desemprego, da precariedade, dos salários em atraso, da pobreza, da miséria...

Enfim, coisas da democracia comezinha, filha de Mário Soares e de não sei que mãe... ou mães...

13 comentários:

samuel disse...

Tocaste tu a "sanfona" e toquei eu o "problema comezinho", que se o blogger deixar, há-de entrar automaticamente às 0:01...
Acho que ainda houve uma candidata (derrotada) a Gondomar que se transubstanciou em Governadora Civil do Porto... foi uma razia! :-)))

Abraço.

smvasconcelos disse...

Pois, é mesmo comezinho:tráfico de influências, corrupção, associação criminosa. Ah, e que importa que os envolvidos sejam de empresas públicas, sim daquelas que o estado "alimenta"? É só um polvozinho cujos arguidos até são do PS e ex-governantes... vergonha!
beijos,

amigona avó e a neta princesa disse...

E como tu sabes contar tão bem! Pobre país este!!!
Abraço e bom domingo...

Antuã disse...

O PS é uma organização mafiosa comezinha.

Anónimo disse...

Sendo, enfim, filha de um proxeneta político, só pode ser filha de uma qualquer alternadeira política...

Rui Silva

filipe disse...

Dizes muito bem, embora tanto ainda fique por dizermos, se quisermos aproximar-nos da dimensão real do fenómeno.
É que o aparelhismo político do PS, sem freios nem resquícios de vergonha, está mesmo transformada numa estrutura "comezona"!
Forte abraço.

Maria disse...

Somos um país de políticos comezinhos no governo... nos vários governos...
Resta saber por quanto tempo mais...

Um beijo grande

do zambujal disse...

Essa do "problema comezinho" foi, decerto, erro de grafia e de fonética. Ele deve ter querido dizer "prolemas com vizinhos", mas a idade não perdoa. Há que ser tolerante! Embora ele não mereça nenhuma...

Abraço

GR disse...

Como estou(mos) farta deste bando de malfeitores! PS/PSD/CDS.
Ao longo de dezenas de anos só nos têm dado problemas, conspirações e processos… “comezinhos”.
e são tantos…
Processo Portucale, Aterro da Beira Interior, Acidente de avião na Jamba, Casa Pia, Operação Furacão, Freeport, Universidade Independente, BPN, BCP, Contentores de Alcântara, Face Oculta, Processo Maddie, Processo das Escutas, o tráfico de influência e os seus incondicionais protectores - Maçonaria, Bilderberg, sem esquecer o Opus Dei.
Derrotados (alguns) oferecem dinheiro, transformados em cargos “políticos”, traduzindo-se estes, em futuros “favores”.
A Luta Continua! mas cada vez estamos mais pobres, mais tristes, mais ingovernáveis!

Bjs,

GR

Manuel Rodrigues disse...

Fernando Samuel, esqueceste o problema comezinho daquele ex-deputado que foi candidato pelo mesmo partido (dessas coisas comezinhas)à Câmara Municipal de Viseu e, porque foi derrotado, agora é o novo Governador Civil do Distrito de Viseu.
Lá porque este ex-deputado é de um distrito do interior, não penses que esta nomeação não é também comezinha...

poesianopopular disse...

Nada acontece por obra do acaso, neste reino das CALDEIRADAS, em que os cozinheiros comem tudo!
Os vampiros asenhoraram-se do reino, e o povo teima em não acreditar, e, nós ainda passamos por aquilo que numca fomos, nem queremos ser!
Só nos resta desmascarar os falsos socialistas, e continuar a luta por ABRIL!
Abraço

Pintassilgo disse...

E o derrotado da Câmara de Espinho que vai para Governador Civil de Aveiro....

Fernando Samuel disse...

samuel e é bem provável que ainda venhamos a descobrir mais alguns «eleitos» destes...
Um abraço.

smvasconcelos: um polvo cujos braços tocam tudo o que... rende...
Um beijo.

amigona avó e a neta princesa: até que um dia...
Um beijo.

Antuã: se não é, anda lá perto...
Um abraço.

Rui Silva; realmente, é uma família um bocado promíscua...
Um abraço.

filipe: só vivem para isso, por isso vivem bem...
Um abraço grande.

Maria: o poder comezinho...
Um beijo grande.

do zambujal: ele foi sempre pessoa de avançada idade - desde pequenino...
Um abraço.

GR: a bandalheira instalou-se no poder...
Um beijo.

Manuel Rodrigues: pelos vistos esqueci vários - não há dúvida, no PS, não ser eleito é um bom negócio...
Um abraço.

poesianopopular: isto é o reino das caldeiradas...
Um abraço.

Pintassilgo: são muitos...
Um abraço.