POR ISSO

A Festa é o Partido.

Por isso, era o Partido que ali estava - o Partido da Juventude, da Esperança e do Futuro.
Por isso, na Festa, a Juventude é esperança, a Esperança é futuro e o Futuro é certeza.
Por isso, a cidade que é a Festa é a «Cidade perfeita no País imperfeito».
Por isso, milhares de não-comunistas se encontram na Festa dos comunistas, construída por comunistas, e ali se sentem como se estivessem em suas casas.
Por isso, quando Jerónimo de Sousa, na tribuna do Palco 25 de Abril, disse que «Somos o que somos e o que queremos ser - um Partido Comunista digno desse nome», a multidão de comunistas e não-comunistas entendeu e aplaudiu.

Por isso - porque é o Partido - a Festa é indestrutível.
Por isso - porque é obra do ideal comunista - é a Festa da Juventude, da Esperança e do Futuro.

Por isso, NÃO HÁ FESTA COMO ESTA!

9 comentários:

CRN disse...

Uma floresta de troncos de coração ardente, com rubras copas ao vento (que não ao seu sabor), calando deste o sibilar com a determinada e livre vontade de mudar de rumo.
Cada vez tenho mais dificuldade em contemplar o orador, acredito, ainda que os monitores gigantes solucionem a questão, que elevar a estructura mais 1 metro pode ir compensando a cada dia maior congregação de vozes.

Sem dúvida, uma Festa com futuro, esse, cada vez mais próximo!

samuel disse...

E como não aplaudir?
Imagino a revoada de sentimentos que andaria nos corações das delegações internacionais...

Abraço.

Maria disse...

Milhares de braços que se abraçaram. Milhares de braços prontos para fazer a próxima Festa. Porque é nossa. Porque somos o Partido. Porque não há Festa como esta!

Um beijo grande

vovó disse...

foi tão linda a Festa!
foi tão bom o teu abraço!
foi tão bom aquela imensião de abraços!...

para o ano... há mais :)!!!

beijocassssss
vovó Maria

Ludo Rex disse...

Por isso, Festa é a Cidade perfeita no País imperfeito...
Abraço

GR disse...

E a Festa tem a cada ano gente nova, levando outra, no próximo ano.
A nossa Festa é, a Festa dos outros que acabam mais tarde por ser nossos também!
Não há mesmo Festa como esta!
Viva o PCP!

Bjs,

GR

Ana Camarra disse...

Não, não há mesmo.
Nem que se pintem.

beijos

Fernando Samuel disse...

CRN: o futuro é hoje...
Um abraço.

samuel: sentimentos de nostalgia... na maior parte dos casos (felizmente...)
Um abraço.

Maria: e para o ano será maior e mais bonita.
Um beijo grande.

vovó Maria: foi tão bom tudo: os abraços, os beijos, os sorrisos, a alegria... a Festa!
Um beijo.

Ludo Rex: a frase é da jovem da JCP, que discursou no domingo.
Um abraço.

GR: é uma festa de luta que dá mais força à luta.
Um beijo

Ana Camarra: ... de todas as cores...
Um beijo.

CRN disse...

Fernando,

Sem dúvida, mas acredito que, com base no que tenho acompanhado, com base num estudo de "campo", que a Atalaia não será suficiente em poucos anos. A esse horizonte objetivo.

Saudações