POEMA

AVÔ


O avô estava a olhar para longe
longe
para tão longe daqui

- Para onde estás a olhar, avô?

- Estou a olhar para ti.


Mário Castrim

7 comentários:

Ana Camarra disse...

E o futuro nunca está tão longe, está já a seguir!

beijos

smvasconcelos disse...

Pois, mas às vezes, o futuro parece-nos tão longe...
beijos,
Silvia

Maria disse...

O avô estava a olhar para o Futuro...
tão lindo!

Um beijo. Grande.

samuel disse...

Lindo!

Abraço.

Antuã disse...

E o Futuro será!

GR disse...

Tanta ternura!
Linda mensagem.

Bjs,

GR

Fernando Samuel disse...

Ana Camarra: é logo ali, como dizem os alentejanos...
Um beijo.

smvasconcelos: parece... mas talvez não esteja tão longe como parece - especialmente se formos muitos a lutar por ele...
Um beijo.

Maria: é a tal confiança/certeza!...
Um beijo grande.

samuel: ou: belo!...
Um abraço.

Antuã: inevitavelmente.
Um abraço.

GR: maravilhoso, não é?
Um beijo.