POEMA

OS GRANDES AMIGOS


São como as árvores
de grande porte.
Quando elas partem
as raízes ficam
aquém da morte.


Luís Veiga Leitão

8 comentários:

Ana Camarra disse...

Não conhecia!
fiquei emocionada por ver assim o que sinto transposto nas palavras dealguém que nunca me conheceu.

Um beijo GRANDE

Maria disse...

E as raízes fazem parte de nós.
Aí a árvore renasce...

Um beijo grande

samuel disse...

Raízes sempre a trabalhar na quase clandestinidade... para os troncos, ramos, folhas, flores e frutos a haver...

Sílvia disse...

... porque "A Amizade é tudo"!
:)
beijo,
Sílvia MV

Fernando Samuel disse...

Ana Camarra: a amizade tem destas coisas...
Um beijo GRANDE.

Maria: é a força das raízes...
Um beijo grande.

samuel: bela imagem.
Um abraço.

Silvia MV: é mesmo!
Um beijo.

rapariga do tejo disse...

Não vão acreditar, mas esta noite, sonhei que tinha uma grande tatuagem, as raízes formadas desde a omoplata e os ramos e flores a subirem pelo pescoço, até a minha nuca......

Há lá coisas!!
Aos amigos
À amizade

emidio disse...

É bom quando alguem se lembra do Veiga Leitão, grande amigo, camarada poeta

emidio disse...

É bom quando alguem se lembra do Veiga Leitão, grande amigo, camarada poeta