«ARQUIVE-SE!»

O DCIAP (Departamento Central de Investigação e de Acção Penal) decidiu ARQUIVAR o inquérito relacionado com a passagem de aviões da CIA por Portugal.

Quer isto dizer que não há provas que confirmem a aterragem (e a descolagem) desses aviões em aeroportos portugueses?
Pelo contrário: o DCIAP diz que tais aterragens (e descolagens) não oferecem dúvidas, estão claramente confirmadas.
Então porquê o arquivamento do processo?
Bom... porque... não há indícios de que os prisioneiros que seguiam nos referidos aviões, estivessem algemados, e não havendo provas disso... não há processo, está tudo nos conformes, a democracia pode respirar fundo (tal como os governos PS e PSD), não se fala mais nisso, em suma: «ARQUIVE-SE!».
E os aviões da benemérita CIA podem continuar a visitar-nos... desde que os presos que transportam não estejam algemados...

Mais um - a juntar a vários outros processos arquivados.
Mais um - ao qual se irão juntar... sabe-se lá quantos mais: provavelmente todos os que envolvem praticantes da política de direita...
A confirmar que Portugal é um país arquivado.

P.S.: a eurodeputada Ana Gomes, instada a pronunciar-se sobre este arquivamento, declarou que por enquanto não tem nada a dizer; mais tarde, sim. - «mais tarde» significa, certamente, depois de passadas as eleições...

8 comentários:

Antonio Lains Galamba disse...

li hoje no público. deu vontade de cuspir... filhos da mãe... vale tudo para estes fascistas! !!!

Maria disse...

O nojo ameaça passar a vómito...
Quero emigrar!

Um beijo grande

GR disse...

Impossível viver assim!
Arquivam, ocultam, mentem, calam a verdade.
No que se tornou este país.
Mais tarde… Ana Gomes volta a fazer o teatro do “Faz de conta!”

GR

Ana Camarra disse...

Ainda existe espaço para arquivar essas vergonhas?!

beijos

samuel disse...

Em períodos de campanha, aumenta exponencialmente o número de coisas que se "arquivam"... para só se falar delas depois...

Ludo Rex disse...

Concordo, somos um país arquivado...
Quando um Portugal a sério?
Abraço

Pintassilgo disse...

isto não é um país, é um nojo.

Fernando Samuel disse...

Antonio Lains Galamba: vale tudo e um pouco mais...
Um abraço.

Maria: nem penses nisso!...
Um beijo grande.

GR: há um tempo para a caça ao voto e um tempo para... o resto...
Um beijo.

Ana Camarra: os arquivos devem estar a abarrotar...
Um beijo.

samuel: para eles, na campanha o voto é quem mais ordena...
Um abraço.

Ludo Rex: temos que o conquistar.
Um abraço.

Pintassilgo: ou isso...
Um abraço.