RAZÕES DESCONHECIDAS

João Pedroso, não sei se conhecem, é advogado e ex-membro do Conselho Superior de Magistratura, cargo de que se demitiu, em dado momento, para ir defender o irmão - Paulo Pedroso, não sei se conhecem - na altura acusado de crimes de abuso sexual de menores, no âmbito do processo Casa Pia - a «cabala» que, tudo indica, foi a primeira pedra da «campanha negra» actualmente em curso...

A dada altura, João Pedroso fez um acordo com o Ministério da Educação (ME), segundo o qual, a troco de um determinado trabalho receberia uma determinada importância.
Por razões desconhecidas (e que, aliás, não vêm ao caso), João Pedroso não fez o trabalho combinado com o ME - contudo, por razões desconhecidas (e que, aliás, não vêm ao caso), recebeu do ME a importância combinada.
Instado a fazer o trabalho combinado, João Pedroso voltou a não o fazer - contudo, por razões desconhecidas (e que, aliás, não vêm ao caso), voltou a receber a importância combinada.

Foi, então, obrigado a devolver ao ME - viva a justiça! - a importância bi-recebida - a qual, por razões desconhecidas (e que, aliás, não vêm ao caso), era de 288 mil euros.
Todavia, por razões desconhecidas (e que, aliás, não vêm ao caso), a reposição do dinheiro será feita em doze prestações mensais - só que, em vez de pagar os 288 mil euros, João Pedroso pagará apenas metade dessa importância...
Porquê?: por razões desconhecidas (e que, etc.etc...)

Isto é o que dizem os média...
Mas atenção: é bem possível que um dia destes alguém nos venha dizer que tudo isto não passa de mais um episódio - desta vez indirecto - da negregada «campanha negra»...

8 comentários:

samuel disse...

Abençoadas campanhas negras às quais se pode "responder energicamente"... em suaves prestações.

Abraço

Armando Madeira disse...

Armando disse:
Numa républica bananeira tudo é
possivel e a républica do engenheiro? Sòcrates é bem uma
républica das bananas
Um Abraço

Maria disse...

Aprecio cada vez mais a calma da tua escrita, quando é sobre este tipo de coisas que me põem a ferver por dentro...
Era bom sabermos porque é que só vai devolver metade da importância indevidamente recebida, já que aos "bochechos" parece que é normal...
O poder instalado é completamente corrupto.

Um beijo grande

Julião disse...

porém aos cidadãos normais a Caixa Geral de Aposentações desconta duas vezes: por estorno e por dedução.

Ana Camarra disse...

Portanto não conseguimos salvar o Lince da Serra da Malcata, o Lobo Ibérico está em risco mas está visto que a cabala é um animal e franca espansão e altamente rentavél. Quando for grande vou candidatar-me a funda da UE para criar Cabalas, de prefência no Litoral Alentejano...

(Agora fora de gozos, cambada de gatunos!)

beijos

Hilário disse...

Fernando,

Estas campanhas de Negro não têm nadinha.

Um Abraço

Luís Rocha disse...

A Revolução continua!

Chávez ordena a nacionalização da Multinacioanl Cargill
http://tirem-as-maos-da-venezuela.blogs.sapo.pt/

Fernando Samuel disse...

samuel: não há como uma suave prestação mensal para... deixar de pagar a prestação...
Um abraço.

Armando Madeira: se não é para lá caminha a passos largos...
Um abraço.

Maria: nestas coisas nunca se sabe bem como é nem porque é...
Um beijo grande.

julião: os cidadãos normais são quem paga...
Um abraço.

Ana Camarra: e olha que não era um mau emprego, não senhor...
Um beijo.

Hilário: são claríssimas...
Um abraço.

Luis Rocha: Viva a Revolução Bolivariana!
Um abraço