A PREOCUPAÇÃO MAIOR...

Orlando Bosch, terrorista, morreu.
De morte natural.
Em casa: na sua vivenda de Miami, onde vivia à grande e à francesa - no caso à grande e à norte-americana... - e beneficiando de todas as mordomias e honrarias prodigalizadas pelos sucessivos governos dos EUA aos que servem a causa do Império, espalhando o terror e a morte ali onde o Império quer que o terror e a morte aconteçam.

Sempre apoiado pela CIA - e alvo de um tratamento muito especial por parte de Bush-pai e de Bush-filho - Bosch foi (com o seu colega das lides terroristas ao serviço dos EUA, Posada Carrilles) responsável por, pelo menos, 50 actos terroristas, entre eles a explosão no avião da Cubana Aviación que provocou a morte de 73 homens, mulheres e crianças.

Mas, lá está, Bosch era um terrorista bom - um «terrorista nosso», como diriam os Bush's, ou o Clinton, ou o Obama... - que praticava um terrorismo democrático, a bem da liberdade e dos direitos humanos... enfim, um daqueles terroristas cujo destino é morrer na cama... e nunca vítima de um atentado organizado pela CIA em qualquer parte do Planeta, com o corpo lançado ao mar e coisas assim...

E não esqueçamos: como os média e analistas dominantes têm acentuado nos últimos dias, na situação actual «a preocupação maior dos EUA é o combate contra o terrorismo»...

15 comentários:

samuel disse...

Não existe mesmo coisa que os preocupe mais...

Abraço.

joão l.henrique disse...

O «jornalismo a soldo e os seus sabichões», têm-se esforçado nesse sentido.

Um abraço.

Anónimo disse...

Falta dizer que o avô do Bush, o Prescott Bush teve um papel determinante em pôr o Fidel lá ao fazer a administração Einsenhower impôr embargos ao regime de Batista. E podia continuar e continuar e continuar tipo as pilhas Energizer...

Poetas...isso de "esquerda vs direita" não existe. ;)

Anónimo disse...

PS - Procurem na net várias coisas sobre o caso do "Otto Otepka" caros poetas.

;)

Anónimo disse...

Lá está o macaquinho dos «friendnemies», sempre armado em sabichão, ri sózinho, pisca o olho e pula muito, o macaquinho...
Manda as suas tiradas enquanto come a bananinha, sempre a rir, com a ajuda das pilhas «Energizer».

Justine disse...

Eu continuo a enraivecer-me com tamanho despudor!

Graciete Rietsch disse...

Que dizer perante o comportamento destes donos do Mundo?!
Um dia serão desmascarados mas, entretanto,temos que ir divulgando e combatendo as suas infâmias.

Um beijo.

samuel disse...

Olha... o débil mental do sutton, dos friendnemies, do lol e da poética, não consegue encontrar a porta de saída... :-)))

Pata Negra disse...

Lembramo-nos bem do tempo em que por cá "terroristas" eram aqueles que lutam pela independência da ex-colónias! Ser terrorista ou combatente depende, quase sempre, do lado que se mata!
Um abraço contra a morte
(esperamos que por esta morte, não vá alguém ter de receber o Nobel da Paz pela segunda vez!)

Eduardo Miguel Pereira disse...

Se me permitem, gostaria de deixar aqui uma questão ao ilustre anónimo que não gosta de poetas :

- Você lembra-se, certamente, até porque é recente, do 11 de Setembro de 2001, certo ?
E do 11 de Setembro de 1973 no Chile, também se lembra ?
E se não for pedir muito, diga-me lá, do alto da sua douta figura se o que se passou a 11 de Setembro de 1973 no Chile não foi um acto de terrorismo da direita sobre a esquerda ?

Bolota disse...

Obama, a exemplo de Michael Jackson, cada vez está mais branco.

Abraços

Antuã disse...

Cá apareceu o coitadinho da cassete da poetização! Liberta-te, coitadinho, e lança a cassete para o lixo. Tem é cuidado para não ficares também tu no caixote do mesmo lixo.

GR disse...

A grande ajuda do capitalismo é a comunicação, esses sim, manipulam, inventam, mentem a soldo de um ordenado “à peça”. O povinho gosta de ser enganado!

Bjs,

GR

pintassilgo disse...

Que queriam do Prémio Ignobel da Paz?!...

Fernando Samuel disse...

samuel: nem dormem, a pensar nisso...
Um abraço.

joão l.henrique: para são pagos...
Um abraço.

Justine: enquanto tivermos a capacidade de nos enraivecer com eles... a esperança continua...
Um beijo.

Graciete Rietsch: temos que os ir desmascarando. Água mole em pedra dura...
Um beijo.

samuel: abraço.

Pata Negra: os EUA decidem quem são os «bons» e quem são os «maus»...
Obrigado pela visita e pelo comentário.
Abraço contra a morte.

Eduardo Miguel Pereira: um abraço, camarada.

Bolota: e cada vez mais... Obama...
Abraço.

Antuã: um abraço, camarada.

GR: por isso os média são propriedade do capital...
Um beijo.

pintassilgo: o que se esperava...
Um abraço.