TEM A PALAVRA FRANCISCO LOPES

Cinco afirmações do candidato dos trabalhadores:

1 - «A minha candidatura é a única que não tem responsabilidades ou quaisquer compromissos com as políticas que estão na base da actual situação e que protagoniza uma ruptura com a destruição da produção nacional, a exploração dos trabalhadores, a abdicação nacional, as injustiças sociais».

2 - «A verdadeira opção eleitoral é entre a minha candidatura, que denunciou e combateu um Orçamento do Estado destinado a impor mais sacrifícios, mais dificuldades e mais pobreza - e os outros candidatos que o patrocinaram, toleraram ou justificaram em nome dos interesses dos mercados, da acumulação dos lucros, das inevitabilidades ou de um alegado mal menor».

3 - «A verdadeira opção é entre os que, como nós, erguem os valores da solidariedade e da dignidade humana inseparáveis do direito ao emprego, de uma mais justa distribuição do rendimento, da valorização dos salários e pensões de reforma pelos quais lutamos - e os que, refugiados em discursos caritativos e encenada comiseração, exploram a pobreza que eles próprios promovem, instrumentalizando os sentimentos de solidariedade, iludindo as razões e responsabilidades pelo aumento sem fim do número de pobres».

4 - «Nesta candidatura e neste projecto não há lugar para o comprometimento com a política de direita, não mora a mínima promiscuidade com a especulação e os interesses do capital. Esta candidatura é expressão de um projecto e vontade colectivas, da coerência, da determinação, da identificação com os interesses dos trabalhadores e do povo».

5 - «O voto no dia 23 é uma oportunidade de mudança, uma opção entre dois caminhos e projectos distintos: aquele que a minha candidatura representa - a perspectiva de uma nova política capaz de livrar o País e os portugueses das dificuldades que a política de sucessivos governos têm imposto - ou a aceitação do rumo de injustiças e desigualdades que qualquer uma das outras candidaturas constitui».

A pergunta é:
algum dos outros candidatos está em condições de fazer sua qualquer destas afirmações de Francisco Lopes?

15 comentários:

joão l.henrique disse...

A resposta é "nem de longe nem de perto". Francisco Lopes é a única voz dos trabalhadores nestas eleições.

Um abraço.

svasconcelos disse...

Não, mesmo!E não houvesse outras razões, esta bastaria para que eu votasse do Francisco!
Um beijo,

Maria disse...

É claro que não!
E é nossa obrigação levar esta mensagem a TODA a gente que conhecemos, ao maior número de pessoas possível!

Um beijo grande.

Carlos Henrique disse...

Ainda sobre Soares
Mas sendo Soares traidor ao 25 de Abril e agente da CIA, como foi possível a direcção do Partido nos ter mandado a nós militantes a votar nele?
É por estas e por outras iguais, que não saímos da CEPA TORTA e temos que andar atrás do mal menor.

Hoje na SIC/N o "Frente a Frente" com Bernardino Soares, foi uma autêntica vergonha: Apelou a uma intervenção da UE em Portugal para se obter juros mais baixos, a exigência de mais meios de apoio à industria nacional, ou seja, apoio ao patronato,aumento da produção (que quer dizer, aumento da exploração) as costumeiras criticas à forma como o Governo de serviço gere a crise económica e o capitalismo. Enfim, nem dá para acreditar.

Um abraço
Carlos Henrique
Seixal

Graciete Rietsch disse...

Francisco lopes nosso candidato e apoiado pelo PCP é o único que não colaborou com a política que nos lançou neste horror e portanto o único que marece o nosso voto.
E, por favor, não deturpem palavras de outros comunistas.

Um beijo, amigo Cravo de Abril, que eu muito admiro.

O Puma disse...

Sabes que não
por isso é o nosso candidato

sem pestanejar

samuel disse...

Nenhum... e isso é tão claro que dói aos adversários!

Abraço.

samuel disse...

Ó Carlos Henrique do Seixal... você é mesmo assim, ou isso é só para ver o efeito? :-))) :-))) :-)))

Bolota disse...

“ apoio ao patronato ,aumento da produção (que quer dizer, aumento da exploração “

Carlos Henrique,

Se visse o apelo de Bernardino Soares pelo prisma da criação de emprego, se calhar não fazia essa leitura.

Sabe o que preocupa??? Preocupa-me que Sócrates para atacar os comunistas, apele aos direitos humanos na China, agora que vai mamar mil milhões de euros está caladinho que nem um rato e manso.

Um abraço
Leandro
Portimão

Anónimo disse...

Vamos votar Francisco Lopes e mandar os revolucionários da treta à merda.

Antuã

amigona avó e a neta princesa disse...

Não é preciso responder! O que é preciso é passar a mensagem! Abraço...

Hilário disse...

Vamos continuar a nossa luta, dizendo a verdade.
Alternativa só é possivel com o Francisco Lopes.
Um Abraço

Carlos Henrique disse...

Caros Amigos
É natural que as minhas chamadas de atenção, contrarie as vossas opiniões e seja uma pedrada no CHARGO em que politicamente vivemos e daí as vossas reacções.O meu propósito é chamar à atenção para as contradições e inconsequências com que nos fazem incorrer,e que mais tarde em vez de corrigirmos os erros,acabamos por chamar nomes a este e aquele, como é o caso do M.Soares e que antes tinha sido o R.Eanes, o J.Sampaio etc.etc.

A continuar a abanar a cabeça como o fazemos e não por em causa determinadas decisões e propostas politicas que se provam erradas e que não tem em conta a defesa dos direitos dos trabalhadores que é preciso fazer,como prova o congelamento das acções de massas contra a politica de austeridade do Governo, remetendo-nos para as decisões dos tribunais burgueses e capitalistas só contribuiremos para o nosso isolamento no seio da classe operária. Cá estaremos para provar se o resultado das próximas eleições presidenciais, não me darão razão e demonstrar mais uma vez até que ponto é errada e anti-revolucionária a politica do partido.

Bolota
A luta dos comunistas não é pelo direito ao emprego,é antes contra a exploração do homem pelo homem,caso contrário nunca sairemos do capitalismo, que penso que não é isso que deseja!?...
Por outro, a entrada da UE,como foi pedida pelo Bernardino Soares (que a entrar entra conjuntamente com o FMI,e ele sabe-o bem)resultará no esmagamento completo dos direitos conquistados pelo movimento operário em 25 de Abril, mais, estes só não entraram ainda porque o Governo tem vindo a tomar as medidas que a UE/FMI tem exigido e que continuarão no futuro. A exigir B.Soares devia ser a saída da UE, como o faz o KKE-PCdaGrécia, mas para aí não está virado.


Carlos Henrique
Seixal

Bolota disse...

" A luta dos comunistas não é pelo direito ao emprego,é antes contra a exploração do homem pelo homem "

Carlos Henrique,

Já vi que é um rapaz com grandes pensamentos, até pode ter razão...mas explique se faz favor como é se explora um homem se ele nem emprego têm??? A isto, eu não chamo exploração , chamo escravatura.

Dai, o apelo de Bernardino Soares ter feito todo o sentido ao apelar á criação de empregos.

Fernando Samuel disse...

joão l.henrique: estamos de acordo.
Um abraço.

svasconcelos: é razão mais do que suficiente.
Um beijo.

Maria: é isso: é preciso avisar toda a gente...
Um beijo grande.

Graciete Rietsch: não só não colaborou como a combateu sempre.
Um beijo.

O Puma: e sem gaguejar...
Um abraço.

samuel: se dói!...
Um abraço.

Anónimo: ora aí está.
Um abraço.

amigona avó e a neta princesa: fazê-la chegar ao maior número possível de pessoas.
Um beijo.

Hilário: é isso mesmo.
Um abraço.