HÁ CRISE OU NÃO HÁ CRISE?

Há blogs que não visito nunca - entre eles o de Vital Moreira.
Porquê?: porque, sabendo quem lá escreve sei o que lá vou encontrar, que é aquilo que, por dever de ofício, sou obrigado a ler todos os dias nos jornais do grande capital - e basta o que basta...

Acontece que, segundo os jornais, um dia destes Vital Moreira produziu no seu blog a seguinte sensacional afirmação: «A crise económica é coisa do passado. Felizmente» - afirmação que não posso deixar sem comentário.

Estou em crer que, escrevendo o que escreveu, o eurodeputado do PS, quis apenas mostrar serviço ao chefe: mostrar ao chefe que é capaz de superar o optimismo crónico deste; que, em matéria de propaganda ao governo e aos milagres provocados pela sua política, é capaz de ser mais papista do que o papa Sócrates...

Todavia, talvez Vital não tenha reflectido o suficiente sobre as consequências imediatas da conclusão que proclamou.
Senão vejamos: a acreditar em Vital - e se «a crise» já passou - acabaram todos aqueles males que, segundo Sócrates, só existem porque existe a «crise»: o desemprego, o emprego precário, os salários em atraso, os despedimentos, as escolas fechadas, os golpes no SNS, a pobreza, a miséria, a fome...
E se assim for, os portugueses estão a viver no melhor dos mundos.
Mas estarão?
Bom, se considerarmos como «portugueses» apenas os chefes dos grandes grupos económicos e financeiros, é verdade que estão nas suas sete quintas - mas essa é uma verdade de antes da crise, de durante a crise e de depois da crise...

No entanto - e sempre dando como certa a conclusão de Vital - há que tirar uma outra conclusão, essa sim, fundamental:
se a «crise» já passou, o Governo deve revogar imediatamente todas as medidas com as quais, invocando a «crise», tem vindo a tramar a vida da imensa maioria dos portugueses:
o PEC não tem mais razão de existir; nem o PEC2; nem os aumentos dos preços dos bens de consumo; nem o roubo nos salários...

Então, em que ficamos?: há crise ou não há crise?...

12 comentários:

Graciete Rietsch disse...

Vital Moreira é um traidor de tão baixo calibre que não merece este óptimo post.
Parabéns e obrigada, CRAVO DE ABRIL.

Um beijo.

Mário disse...

Dizem que a compra de moradias luxuosas e Ferraris em Portugal também aumentou. Isto é só pessoal cheio de guito. Crise é só para alguns. Privatizam os lucros e nacionalizam as dívidas.

Mário disse...

Dizem que a compra de moradias luxuosas e Ferraris em Portugal também aumentou. Isto é só pessoal cheio de guito. Crise é só para alguns. Privatizam os lucros e nacionalizam as dívidas.

joão l.henrique disse...

A conclusão que o eurodeputado do ps tira, vem na consequência da consulta ás suas contas bancárias.

Um abraço.

Sopro leve disse...

Mas o Vital Moreira tem razão, a crise já acabou para uns, e para outros nem começou...
O homem só se esqueceu de identificar sobre quem estava a falar...
Mas nem era preciso, porque todos sabem que ele sobre os trabalhadores nunca fala.

Maria disse...

Pondo as coisas como tu as pões aqui, o pm dirá 'claro que há crise'...
O vital é a voz do seu dono.

Um beijo grande.

Antuã disse...

Ovital cada vez está mais bronco

José Rodrigues disse...

E os vampiros de hoje já existiam antes da crise e até antes do 25 de Abril de 1974...


Avante!

samuel disse...

Oooops!!! :-)))

Abraço.

GR disse...

Traidores secam a verdade e mesmo depois de mortos, não adubam a terra. Há excrementos tão prejudiciais que até no papel cheiram mal.

Bjs,

GR

Membro do Povo disse...

Para não ser hipócrita só lhe falta admitir o verdadeiro porquê da linha política do PS.

Pedro disse...

Na mouche!