DEUS DORME

Ettore Gotti Tedeschi, presidente do Instituto para as Obras Religiosas - mais conhecido por Banco Vaticano - está a ser investigado por suspeita de branqueamento de dinheiro.
Para já, e à cautela, a polícia financeira italiana bloqueou os 23 milhões de euros correspondentes a duas transacções suspeitas: uma para o JPMorgan de Frankfurt; outra para um banco italiano.

Estamos, então, perante mais um escândalo envolvendo o Banco Vaticano e um Banqueiro de Deus (nome pelo qual são conhecidos todos os presidentes do referido Banco).
Em muitas memórias está ainda presente o escândalo do envolvimento do Banco Vaticano na falência fraudulenta do Banco Ambrosiano, de que era o principal accionista.
Na altura o Banco Ambrosiano reciclava dinheiro da Cosa Nostra, a máfia siciliana, num processo no qual desempenhava importante papel a loja maçónica P2, ligada à CIA (ver O Padrinho, de Coppola»
Era então presidente do Banco Vaticano (portanto, Banqueiro de Deus) o sinistro arcebispo Marcinkus, cujo envolvimento neste, como em vários outros casos semelhantes, só não o atirou para a prisão porque o Papa João Paulo II não deixou, opondo-se sempre aos pedido de juizes italianos para o interrogarem.
Aliás, Marcinkus, que foi Banqueiro de Deus de 1971 a 1989, contou sempre com o apoio incondicional quer de Paulo VI quer de João Paulo II - e era um homem cheio de sorte...
De tal forma que o único Papa que se preparava para correr com ele (e com mais uns tantos cardeais...) - João Paulo I - «apareceu morto» em circunstâncias que só não são, como é hábito dizer-se, «misteriosas», porque está mais do que provado que foi assassinado...

Sobre o desfecho da mais recente golpaça... logo veremos...
Para já, e como é seu hábito, a Santa Sé manifestou-se surpreendida e reafirmou a sua confiança, toda a sua confiança, em Ettore Tedeschi - o seu Banqueiro de Deus e que, como tal, é «especializado em ética financeira».
Vejam bem as designações que eles inventam!...
Entretanto, ao que tudo indica, Deus dorme...

15 comentários:

samuel disse...

Andamos efectivamente com a pontaria sincronizada... :-)))
Será aos "banqueiros de Deus" que os "soldados de Cristo" entregam os ordenados? Não admira que o dinheiro necessite de lavagens.

Abraço.

Maria disse...

A Santa Sé anda sempre distraída. Com tudo o que depois vira escândalo...

Um beijo grande.

do Zambujal disse...

... a sono solto...

Um abraço

Graciete Rietsch disse...

Deus dorme mas as pessoas não dormem, pelo menos não dormem bem. E um dia, quando acordarem, então esses banqueiros de cristo ou de deus e todos os outros acólitos verão que a justiça está nos homens e não no Deus que eles inventaram para encobrir os seus actos verdadeiramente criminosos.

Um beijo grande.

Anónimo disse...

A Deus o que é de Deus e aos homens o que é do Homem.
Deus não precisa de bancos nem de banqueiros. Se Ele não precisa de fazer compras, para que raio precisaria do dinheiro? O dinheiro é somente coisa dos homens.
É óbvio que quem comete crimes, independentemente de ser gente da Igreja, deve ser punido pela justiça dos homens.
Deus dorme?... Então os homens devem manter os olhos bem abertos...

DEUS disse...

zzzzzzzz zzzzzzz zzzzzz

diabrete disse...

Até q enfim aparece um dos meus.Este que faz zzzzzzzz deve ser o que há pouco ouvi grunhir.

JN disse...

E quando já não conseguirem qualquer argumento irão mostrar a imagem de santo com a célebre frase de: pai perdoa-lhes que eles não sabem o que fazem. E assim continuarão em frente com a sua procissão de crimes em que a História é bastante fértil.
Abração.

Antuã disse...

Deus não faz outra coisa que não seja dormir.

smvasconcelos disse...

Grande máfia, esta igreja... a mim enoja exacerbadamente, as incongruências, a hipocrisia, a falta de lisura e transparência,os atentados contra a humanidade, a usurpação de infâncias, os abusos em nome de deus... um nojo, de facto.
beijo,

Fernando Samuel disse...

samuel: já não há «lavandarias» que cheguem...
Um abraço.

Maria: é uma distraídona...
Um beijo grande.

do Zambujal: e tem o sono atrasado...
Abraço grande e bom regresso.

Graciete Rietsch: a justiça dos homens é... divina...
Um beijo.

Anónimo: muito bem abertos!...


Deus: zzzzzzzzzzzzz...

diabrete: diabrete...

JN: nem mais.
Abração.

Antuã: e, pelos vistos, ressona...
Um abraço.

smvasconcelos: um nojo, e está tudo dito.
Um beijo.

Nelson Ricardo disse...

O dinheiro é a única religião de muita gente.

Um Abraço.

Fernando Samuel disse...

Nelson Ricardo: e alguns deles são muito, muito... «religiosos»...

Um abraço.

Anónimo disse...

Só gostaria de saber quantos se vão "suicidar" desta vez?

Anónimo disse...

O Nelson Ricardo está certo!

Basta olhar atentamente para o que está nas notas do Dólar (dos EUA).