POEMA

REVOLUÇÃO


Entre tu e mim
há um montão de contradições
que se juntam
para fazer de mim o sobressalto
que fica de testa suada
e te edifica.


Miguel Barnet

7 comentários:

samuel disse...

E suar mais, não pelo esforço do edificar, mas pela ideia do que se edifica...

Maria disse...

Não conhecia. E é bonito...

Um beijo grande

poesianopopular disse...

Tarefa muito importante, profundamente importante!
Não conhecia!
Abraço

GR disse...

Lindo!
Desta vez conheço.
Poeta cubano (não conhecia o poema).

Bjs,

GR

Ana Camarra disse...

Fernando Samuel

Lindo! Fantástico, simples!

Beijos

Pedro Barreirinhas disse...

Fernando Samuel,
Muito bom poema!

Entre Linhas Entre Gente
http://www.entrelinhasentregente.blogspot.com

Um abraço

Fernando Samuel disse...

samuel: é esse o suor que mais conta.
Um abraço.

Maria: um beijo grande.

poesianopopular: a grande tarefa...
Um abraço.

GR: um grande poeta.
Um beijo.

Ana Camarra: com a simplicidade das coisas simples...
Um beijo.

Pedro Barreirinhas: Um abraço, Pedro!
Ainda bem que voltaste!
Já lá irei visitar-te.