O RECADO

Segundo o jornal i, «o multimilionário norte-americano Warren Buffett enviou um recado a Barack Obama».
Diz Buffett, num artigo publicado no New York Times, que «a partilha de sacrifícios pedidos à população é injusta para as classes mais pobres»
Por isso clama: «Parem de mimar os super-ricos».
(e explica que no último ano, enquanto ele pagou de impostos apenas 17, 4% do seu rendimento, «as taxas de impostos das 20 pessoas que trabalham no meu escritório, foram de entre 33% e 41%»).

É claro que Buffett sabe que a fortuna que tem foi conseguida através da exploração.
E sabe também que a actual crise do capitalismo, que assume aspectos de extrema gravidade, está a evidenciar de forma clara, as fragilidades do capitalismo.
E sabe, por isso, que para continuar a ser o que é - o homem mais rico do mundo - é preciso que o sistema capitalista funcione...
Porque, homem prevenido que é, sabe ainda que, como disse o economista Nouriel Roubini ao Wall Street Journal, «Marx estava certo quando disse que o capitalismo pode destruir-se a si próprio»...

Em todo o caso, o «recado» de Buffett a Obama merece ser registado... tanto mais quanto, por cá, continuamos a ouvir dizer todos os dias que «os sacrifícios são para todos»...
E não parece muito provável que um qualquer amorim ou belmiro envie idêntico «recado» ao Passos/Portas...


16 comentários:

trepadeira disse...

É excelente ver pessoas lúcidas não confundirem interesses com altruismo,por isso pondo os monstros e os seus interesses no devido lugar.

Um abraço,
mário

joão l.henrique disse...

Para mim, as "lágrimas" de Buffett são "lágrimas de crocodilo".


Um abraço.

Anónimo disse...

Considerando os novos tempos, deve-se reconhecer que Buffett não é nenhum Robert Owen, grande industrial e homem riquíssimo do séc.XIX que colocou toda a sua fortuna ao serviço da classe trablahdora e que Engels elogiou bastante na sua obra « Do Socialismo Utópico ao Socialismo científico». Não admira, portanto, que o revisionismo de J. de Sousa não perceba isso porque para ele o que interessa é a vitória do benfica e não a vitória dos trabalho sobre o capital. Buffett é um fait divers no meio desta palhaçada...

Graciete Rietsch disse...

Não interessa o Buffett, ou outros semelhantes. O que interessa é a mudança de política e os Buffett que andam por aí que a apoiem, se são realmente sinceros e não estão agarrados ao seu rico dinheirinho e aos sistemas que o fazem crescer.

Um beijo.

Anónimo disse...

in http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=26031

Eduardo Miguel Pereira disse...

Técnicas de casino !
E mais não digo ...

Pata Negra disse...

"E sabe, por isso, que para continuar a ser o que é - o homem mais rico do mundo - é preciso que o sistema capitalista funcione..."

Sabemos, por isso, que para o que sistema não continue a ser o que é - um produtor de ricos e reprodutor de pobres - é preciso que o sistema estoire de uma vez por todas! E isso, embora com enormes custos, felizmente que está a começar a acontecer!

Um abraço entre privações que hão-de dar frutos

Chalana disse...

Chispe anónimo: Eu sei quem tu és

Anónimo disse...

O doentinho da cultura do pontapé na bola diz que sabe quem eu sou. Estou muito atormentado e cheio de medo.

Anónimo disse...

ADENDA: onde se lê "O doentinho da cultura do pontapé na bola", deve ler-se: O DOENTINHO MENTAL DA CULTURA DO PONTAPÉ NA BOLA".

samuel disse...

Esses que são mais inteligentes que espertos... são os mais perigosos.
Por cá temos mais dos xicos-espertos brutos como portões de quinta.
Não sei se os primeiros conseguirão travar a derrocada anunciada do seu "bendito" capitalismo... nem se estão criadas as condições para garantir que o que se lhe seguir será para melhor.

Abraço.

Chalana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

1º - Atrasado e alienado mental da cultura do pntapé na bola: não tenho qualquer mancha no pullover.

2º não ando a reboque de mordomos lambe-botas do capital como é o caso de C. Silva/j. Proença e por isso não frequento sítios de má reputação.
Resta o prometido e simpático par de "galhetas" que prometes.
3º Fica descanasado que não me apresento como "coitadinho" porque quando "fores capaz" (?) de dar as galhetas, o coitadinho, miserável e desgraçado serás tu OH PARVALHÃO ALIENADO DA CULTURA DO PONTAPÉ NA BOLA.
Ter medo de ti é como ter medo de uma formiga, embora a formiga esteja em vantagem em relação a ti porque busca alimento e não se aliena pela estupidez da cultura do pontapé na bola. Sobre o Coluna sei que ele não pertence ao teu grupo de imbecis que lambem os pés e o cu aos jogadores de futebol do teu clube. Vai-te tratar e pensa na tua família e naqueles que precisam de ti. COBARDE DE MERDA.

Chalana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mantorras disse...

O chispa tem bigode e é gordo que nem um chispe!!!

Anónimo disse...

Lá vou eu gastar o meu rico dinheirinho num contrato de um guarda costas para evitar uma sova e uns "tabefes" do doentinho mental da cultura do pontapé na bola que o enche de felicidade e alegria.
NÃO HÁ PAI PRÓ BENFICA!

coro: SLB...SlB...slb..slaa. lá, lá lá.