E ANDAM NISTO HÁ 35 ANOS!

Perdido em mil e uma leituras, perdi uma frase...
Uma frase pequena mas que, segundo me dizem, foi proferida em tom solene e peremptório, no decorrer de uma entrevista; uma frase de, exactamente, meia dúzia de palavras, nem mais uma nem menos uma, mas que vale um tratado.
Eis a frase: «Eu sou o líder da oposição!».
E quem é que tal disse?
António José Seguro, obviamente...
Mas Seguro não é só isto...
Seguro, certeiro, aduziu provas concretas e irrefutáveis do que disse...
Seguro, didáctico, demonstrou por a+b que é, de facto, «o líder da oposição».

E que provas e demonstrações foram essas?
A confirmar a liderança, Seguro jurou respeitar e cumprir o memorando da troika, assim honrando a palavra dada pelo partido que ele, Seguro, lidera...
Que é um partido de palavra!
Que é o partido que, então no Governo, liderou a assinatura do dito memorando.
E que, agora, como se está mesmo a ver, lidera a oposição...

É um brincalhão, este Seguro. Igual a ele só o seu gémeo Passos Coelho...
E é assim a oposição e são assim os seus líderes: se António José Seguro fosse o primeiro-ministro, caberia a Pedro Passos Coelho - actual primeiro-ministro e líder do segundo partido a assinar o tal memorando - cumprir a tarefa que Seguro agora cumpre.
E ouviríamos Passos Coelho, no tom, no jeito e na pose saídos da mesma forma de plástico que moldou o tom, o jeito e a pose de Seguro, dizer: «Eu sou o líder da oposição!»

E andam nisto há 35 anos!...

17 comentários:

joão l.henrique disse...

Infelizmente, para mal de todos nós, "andam nisto há 35 anos..."


Um abraço.

Sérgio Ribeiro disse...

Pois... e estão velhos desde pequeninos!

Um grande abraço

Graciete Rietsch disse...

Iguais. com que ar solene e autoritário Seguro manda as sua"bocas"!!!! Se não fossetriste era ridículo. Oposição com os mesmos princípios do Governo!!!!

Um beijo.

Maria disse...

E a gente a aguentá-los...
Chiça que é demais.

Um beijo grande.

samuel disse...

Desconfio que este, seguramente, não irá passar disto.

Abraço.

Miguel Botelho disse...

Seguro já demonstrou que não é a melhor oposição (ainda me estou a recordar do incidente no congresso, em que Seguro interrompeu uma entrevista a António Costa, dada pela TVI24)

josé Manangão disse...

Enquanto o povo se deixar iludir por estes figurões, que aprenderam a contar estas Istórias como se fossemos todos criançinhas, - só nos resta lutar, lutar, lutar, até que o povo perceba que...a nossa luta faz sentido!
Abraço,grande

GR disse...

No dia 1 de Outubro vamos demonstrar que 35 anos é muito tempo!


Gd BJ,

GR

GR disse...

NÃO ESQUECER

Almoço IV Aniversário Cravo de Abril
Dia 8 de Outubro, Espinho, restaurante Cristal, 13 horas - Almoço.
Tarde cultural:
Aresentação do livro
"Mineiros de Aljustrel. nas Barrenas da Memória - Trabalho e Resistência sob o Fscismo"
de António Galamba e ilustração de Roberto Chichorro.
Exposição das ilustrações do livro.
Música e grande convívio.


Inscrições abertas

antonio.galamba@gmail.com

guidarodrig@gmail.com

(independentemente do email para o email enviem questões e /ou inscrições, façam-no com conhecimento para ambos)

Cá vos esperamos!

GR

Olinda disse...

Seguramente é um brincalhao.Comove tanta liderança¡...

O Puma disse...

"formoso"

mas não Seguro

Maria João Brito de Sousa disse...

Eu sou da oposição... mas não ao lado de Seguro!

Eduardo Miguel Pereira disse...

Vou ser curto e grosso, e politicamente incorrecto.

O problema não está em eles andarem nisto há 35 anos, o problema está em termos um povo que anda há 35 anos a votar nesta gente.

Pedro Namora disse...

Petição

Considerando o valor inestimável deste blogue e o tanto que nos oferta diariamente, da poesia à luta, do esclarecimento à cultura e ao direito a conhecer a História;
Considerando igualmente que milhares de pessoas, sobretudo jovens só frequentam o facebook, proponho, requeiro, peço que o colectivo do Cravo de Abril o coloque também no face.
Pode ser, camaradas? Um grande abraço de agradecimento pelo vosso magnífico trabalho.

Pedro Namora disse...

Quanto ao seguro ele só lidera a única oposição que vislumbra: tipo caniche, ugt, da concertação entre os interesses que lhe permitiram ascender a líder da coisa e os que o querem manso como os que o antecederam; a oposição que esbraceja, diz frases feitas, lê o teleponto do conformismo, encomenda músicas a preceito, mas ajoelha e reza. Ele é um líder tipo soares com perfume de carlucci, um faz de conta que só serve para a traição, seja ela ordenada pela troika ou pelos Belmiros do reino. Com uma oposição assim, não precisamos de inimigos.

João Filipe Rodrigues disse...

Caro Pedro Namora,

A inclusão do Cravo de Abril no facebook e em outras redes sociais já foi pensado. Em breve daremos noticias e obrigado pela sugestão.

Bolota disse...

Este Seguro é um inseguro dum corno e fruto do meio onde foi criado. Não vale um caracol mal amanhado.
Mas não vale a pena gastar velas com ruim defunto porque o Costa, sim esse, o de Lisboa que é um macaco,quando chegar a altura dá conta dele.