DEMOCRACIA MADE IN USA

Nas Honduras a repressão continua: perseguindo, prendendo, torturando, assassinando, o poder instalado na sequência do golpe fascista, não hesita nos meios a utilizar para travar a corajosa resistência do povo hondurenho.

Há duas semanas, foram assassinados três camponeses, na região de Aguán, no Nordeste do país.
De Janeiro de 2010 até agora, o número de assassinados naquela região é de 39 - 16 dos quais nos últimos cinco meses.
Os assassinos são os latifundiários locais, através de grupos armados ao seu serviço - e perante a assistência cúmplice das forças armadas.

Recorda-se a propósito que, no início da década de 90, foi aprovada uma lei que determinava a entrega de terras aos camponeses pobres e aos assalariados agrícolas sem terra.
É claro que os latifundiários nunca permitiram a aplicação de tal lei e só após a eleição de Manuel Zelaya ela começou a ser aplicada.
Mas foi sol de pouca dura: Zelaya foi derrubado pelo golpe militar que - concebido e dirigido pela CIA, executado pelos seus agentes locais e fortemente apoiado pelos grandes agrários e agro-industriais - instaurou a ditadura fascista em vigor.

Referindo-se à luta dos camponeses da região de Aguán, Porfírio Lobo - o presidente «eleito» na sequência do golpe - disse que «é preciso manter a ordem» - com isto querendo dizer que é preciso defender as terras dos latifundários, custe o que custar - matando se necessário for, como tem vindo a acontecer.

É esta a «ordem» nesta democracia made in USA - uma «democracia» que, na sua essência, é igual à que, actualmente, os EUA e os seus lacaios europeus pretendem instaurar na Líbia.


20 comentários:

joão l.henrique disse...

É a "democracia" do imperialismo através da bota-cardada...

Um abraço.

joão l.henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

É a liberdade individual e não a de classe.

dedicado a um fascista anónimo dos comnts no artg de baixo

Miguel Botelho disse...

O «Cravo de Abril» está de parabéns pelos textos publicados.
Não só demonstra um espírito lúcido, como também uma vontade de saber e de ser esclarecido, através de notícias que não são comentadas entre o público, em geral.

Existem comentários provocadores, vindos de gente anónima que nada sabe sobre estes temas. Antes, prefere o insulto e a provocação ao debate de ideias.

Na verdade, a sabedoria e a inteligência nunca se deram com a ignorância e a estupidez.
Os comentários dessa tal gente anónima provam isso.

Viva o «Cravo de Abril»!

samuel disse...

É a "democracia" em que se movimentam à vontade...

Abraço.

GR disse...

O capitalismo fascista pode matar, torturar e até roubar os terrenos, porém, ninguém consegue vergar a vontade de quem acredita que só com a Luta se atinge os objectivos.

Gd Bj e até amanhã,

GR

Anónimo disse...

O parvalhão do Samuel gostava era de uma "democracia" das dele, daquelas bem apertadinhas em que só ele e a cambada se pudessem mover, lol.

Anónimo disse...

Anónimo 23:59
Por isso é q o amorim das rolhas saca 1600 milhões ao BPN e agora paga o contribuinte eq -last but not the least-compra-o com 40 milhoes q ficou a dever.És parvo de 2 maneiras:se pensa q não pensamos,ou se a sua tese tem alguma coisa a ver com a justiça e,é defensável pq é anti humano!!!!

samuel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
samuel disse...

Anónimo (23:59):

Muito, muito bem! Brilhante!
E não é que conseguiu perceber a coisa?! :-))) :-)))

Bio-Ria disse...

A besta nazi está sempre pronta para tudo.

Anónimo disse...

Desta vez, os PIDEs, provocadores (e ignorantes) foram bem corridos... tal como o palerma que às cinco da manhã vinha dizer o que tinha comido (ex: coxas de frango com esparguete de plástico).
Este, ao que parece, ficou a dormir em cima da comida e, com isso, esqueceu-se de consultar a internet (pode também ter ficado a fazer horas extraordinárias na dita fábrica onde trabalha... ele e mais a sua lancheira... de plástico).

Anónimo disse...

Samuel,

Q.E.D. (vai lá ver o que é...)

samuel disse...

Anónimo (10:15):

Muito bem!
Vejo que conseguiu estudar para sacristão... :-)))

A. Pessoa disse...

Costumo divertir-me com os delírios que este blog vai publicando sobre o tema “relações internacionais” em correia de transmissão do que o PCP se envergonha de dizer às claras. Ele é apoio a ditadores, vilipêndio de qualquer tentativa de democracia em regimes “não-simpáticos” aos EUA, por aqui o ditador Mubarak era um criminoso e o ditador Kadhafi um herói, Chavez, o presidente-já-eterno é herói, pois claro, sobre o Hassad, ditador fascista da Síria, ainda não sabem bem se vão dizer bem ou mal, estão à espera para ver se a NATO intervém, depois é fácil, na Birmânia, ditadura militar fascista mas têm aquela “chatice” da gaja Nobel que fala demais e contra os chineses, disto não se fala, ok?, até o Muro é elogiado como coisinha que não teve importância nenhuma, até porque há outros “muros”… enfim, todos temos direito a divertirmo-nos com um bocadinho de telenovela, literatura light, uma musiquinha pimba ou umas bocas de política internacional vista por matarruanos do Cravo de Abril, não é?

Mas hoje até parecia que a coisa estava bem lançada: Os seis primeiros parágrafos e depois o oitavo, se pecam, será apenas por brandos em relação à terrível situação que de facto se vive nas Honduras desde o golpe fascista que derrubou Zelayo.
Pensei: estranho, será que a alegria da festa do Avante fez esta gente ser capaz de, por uma vez, limitar-se a ser objetiva na análise de uma situação?
Mas não! Lá estava o parágrafo 7 (Mas foi sol de…)e o último a salvar a”honra do convento” e a descambar para a asneira: claro que tudo aconteceu por obra e graça da tenebrosa CIA e seus “agentes locais”.
Por favor, tenham vergonha! Os EUA deram e continuam a dar todo o apoio a Zelaya e ao seu governo no exílio, condenaram o golpe fascista e até hoje não o reconheceram, instituíram sanções económicas contra o governo fascista atualmente no poder, consideram Zelaya o único interlocutor para os assuntos hondurenhos.
Que querem mais? Não sabiam? Sabem ao menos que há mais uns quantos jornais no mundo sem ser o Avante e o Pravda?


http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/06/28/eua-reconhecem-manuel-zelaya-como-unico-presidente-de-honduras-756559131.asp

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,obama-diz-apoiar-zelaya-e-reconhece-lo-como-presidente,416519,0.htm

http://desabafopais.blogspot.com/2009/09/fmi-reconhece-zelaya-como-presidente-de.html?

utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+DesabafoBrasil+%28DESABAFO+BRASIL%29

A. Pessoa - Lisboa

Zé Pequeno disse...

Há quem se denomine pessoa mas não passe duma besta.

Anónimo disse...

Ó parvalhão das 09:09. Como mudámos de mês e mudei de turno. Não te ocorreu essa possibilidade?
Agora vou almoçar arroz de polvo. Mais tarde conversamos.

A. Pessoa disse...

Há quem se denomine pequeno e o seja.

Anónimo disse...

Arroz de Polvo de pacote, não é assim ó anónimo parvo das 12:53?

Já agora almoça com o teu amigo António Pessoa, esse PIDE, bandido, fascista, nojento que até, se calhar, ajudava a colaborar com os názis para matar comunistas.

Vão lá comer juntos e desapareçam.

Zé Canhão disse...

Por outro lado os cornos do Pessoa são grandes.