HIPOCRISIAS

Sobre a Líbia, o Conselho de Segurança (CS) da ONU fez o que o Governo dos EUA mandou:
aprovou aquilo a que eufemísticamente chamou a «adopção de todas as medidas necessárias para proteger civis...».

Tal expressão, devidamente traduzida, significa que o CS deu luz verde para que os criminosos do costume - EUA, Grã-Bretanha, França... - iniciem, quando quiserem, o bombardeamento da Líbia.

Bombardeamento «para proteger civis»?
Não:
bombardeamento que vai provocar a morte de cidadãos líbios;
bombardeamento que vai provocar a destruição da Líbia:
bombardeamento que vai proteger, sim, os interesses do imperialismo na Líbia e na região.

O início dos bombardeamentos está iminente.
A operação de propaganda para os apresentar como «humanitários» está am marcha.
É a hipocrisia no seu máximo esplendor!

(na AR, Francisco Louçã criticou hoje o Governo por, no CS da ONU, ter votado a favor da decisão de bombardear a Líbia. Critica justa mas hipócrita, se tivermos em conta que os deputados do BE no Parlamento Europeu votaram exactamente no mesmo sentido)

29 comentários:

Anónimo disse...

Sim, é verdade. Citando um amigo que conheço, «o Bloco de Esquerda aprovou ao lado da maioria do Parlamento Europeu, e da extrema-direita, uma resolução que abre caminho à intervenção militar na Líbia.»

O mais curioso é a adenda publicada:

«Miguel Portas, Rui Tavares e Marisa Matias votaram a favor da resolução na generalidade. Na especialidade, Rui Tavares foi mais longe e aprovou o parágrafo 10 com o seguinte texto: “Salienta que a UE e os seus Estados-Membros devem honrar o seu dever de protecção, de modo a salvar a população civil da Líbia de ataques armados em larga escala; assinala que nenhuma opção prevista na Carta das Nações Unidas pode, por conseguinte, ser descartada; solicita à Alta Representante e aos Estados-Membros que se mantenham disponíveis para uma decisão do CSNU sobre novas medidas, incluindo a possibilidade de uma zona de exclusão aérea destinada a impedir o regime de atacar a população civil; sublinha que as medidas adoptadas pela UE e pelos seus Estados-Membros devem ser conformes com um mandato das Nações Unidas e assentar numa coordenação com a Liga Árabe e a União Africana, incentivando ambas as organizações a conduzir os esforços internacionais;”

Caso o colectivo se recorde, Rui Tavares foi o 3.º deputado do Bloco de Esquerda eleito, o tal que negou a possibilidade de eleição a um deputado da CDU. É caso para dizer, como Portugal ficou a perder com esta má eleição.

(Jorge)

samuel disse...

Como escrevo esta tarde... é mais um voo da "pax americana"... ou o Nobel em acção.

(Essa do BE no Parlamento Europeu... foi de se lhe tirar o chapéu!)

Abraço.

Carlos Fernandes disse...

O BE no seu melhor...
Para quem é de esquerda e que luta pela paz dos povos aqui está um exemplo que dá para pensar.
E já agora, hoje ao ouvir o Miguel Portas na antena 1 fiquei sem saber se ele era BE ou PS tal foi a defesa que fez da forma como o PEC4 foi apresentado.

Abram os olhos meus amigos, porque quando a luta se agudiza todos tomam o seu lugar na barricada.

P.S.
Amanhã lá estarei.

Um Abraço.

Antuã disse...

Os criminosos hediondos com o apoio dos seus capangas, apresentem-se eles como esquerdistas ou de direita, preparam-se para beber grandes taças de sangue inocente.

trepadeira disse...

É de se lhe tirar o chapéu e por um penico.
Como é possível?
Um abraço,
mário

Anónimo disse...

É sempre em nome da paz e do humanismo que os sedentos belicistas fazem a guerra. A propaganda não é nova e já Hitler a utizou com alguma perspicácia. Agora é também em nome dos valores superiores da democracia burguesa, designada como democracia e liberdade em abstracto, que os fautores da guerra fazem a sua reles propaganda. Mas não basta denunciar a hipocrisia destes vampiros, há também que lhes fazer frente, sem concessões de boa vizinhança com certa gente, como Ana Gomes por exemplo. Uma arauta inquieta do troar dos canhões.

Justine disse...

Mais um crime contra a humanidade que se aproxima, disfarçado(para os que não querem ver) de acção humanitária...
Vergonha!Infâmia!

O Puma disse...

A canalha anda à solta

Maria disse...

Alguns humanos metem-me nojo!
Sem mais palavras...

Um beijo grande.

svasconcelos disse...

Hipócritas, sim. Os do BE e os EUA. Direitos humanos... pois.
Um beijo,

Anónimo disse...

Fernando Samuel
Hoje lá estarei na Avenida esperando que a nuvem atómica que paira sobre o Japão tome o caminho da Casa Branca, do Eliseu, da sede do (des)governo de Portugal e das redacções dos jornais portugueses que se esqueceram de anunciar o dia 19 como dia de luta do povo português.
Vitor sarilhos

Anónimo disse...

Então o que vos disse eu poetas?? Quando foram as primeiras manifestações no mediterrâneo os comuna-poetas começaram logo a falar em "rebelião contra o Império" e a lenga-lenga poetica do costume e eu disse-vos: "É tudo obra do Império, o mesmo império que criou a vossa ideologia ridicula."

A vossa ideologia foi criada para, primeiro colidir com a Corporotocracia/Banca, e depois se fundir com esta de maneira a formar a sintese, o Socialismo-Corporativo. A vossa ideologia é a "filha" do mesmo inimigo que voces dissem estar a lutar contra!

Leiam e vejam tudo do "Antony C. Sutton" que encontrarem de deixem de ser poetas ridiculos. Só existe uma ideologia que resulta, a Economia Austrica, ou seja, o Capitalismo Total e com nenhum (ou minimo Estado).

POETAS!

Anónimo disse...

PS - E eu não vos disse também que o "Império" era socialista e tinha não a bandeira dos EUA mas sim a bandeira das Nações Unidas? As mesmas Nações Unidas criada e cultivada pelos Comunistas desde o principio?

Pintassilgo disse...

A bebedeira de sangue já começou com os lacaios dos EUA. O Prémio Nobel está feliz porque o sangue dos inocentes civis líbios excita-o.

Graciete Rietsch disse...

E já começou a "acção humanitária" que virá matar tantos líbios quantos os necessários para que o petóleo e outrs fontes de energia fiquem nas mãos dos amigos americanos.

Um beijo.

Anónimo disse...

Mais do mesmo... Que dizer F. Samuel? A paz não serve o fim do ser humano, somos por natureza belicistas. E no que diz respeito ao controlo das esferas de poderes...
Essa do BE tambem ouvi em directo na Antena 1, mas diga-se em abono da verdade que um deles é "independente", independentemente de ser dependente de quem lhe paga ao fim do mês...Mas que dizer? somos todos dependentes de qualquer coisa. O dinheiro é a nossa maior dependencia, verdade ou mentira?
ass: outroeu

joão l.henrique disse...

Os EUA sem olhar a meus para atingir os seus fins e os canitos béu-béus do costume a abanar o rabito ao seu dono.

Um abraço.

Anónimo disse...

Não liguem ao idiota do anónimo das 21:44 e 21:46.
Este idiota conhecido como o «maluquinho do Anthony C. SUtton», chegou aqui a dizer que tinham oferecido um frigorífico a Karl Marx, quando o primeiro frigorífico doméstico é de 1913 e Karl Marx morreu em 1883.
Este burro que se julga de esperto, nem se deu ao trabalho de confirmar os factos.
No entanto, gosta muito de vir aqui.

eduricardo disse...

Intervenção a que o voto dos eurodeputados bloquistas, vergonhosamente, ajudou a abrir caminho, como se pode ler em 5dias.net e também aqui
http://solidarite-internationale-pcf.over-blog.net/article-le-pc-grec-denonce-une-motion-du-parlement-europeen-ouvrant-la-voie-a-une-intervention-en-libye-votee-par-les-membres-du-pge-dont-jean-luc-melenchon-et-marie-christine-vergiat-69181836.html

Anónimo disse...

A hipocrisia de pessoas que se afirmam de esquerda, como Rui Tavares, do «Público» surpreende todos aqueles que, com o BE, gritaram «Sim à Paz e não à Guerra».

Anónimo disse...

Sr. Anónimo das 17:18

Eu disse que o TROTSKY andava de limousine, estava sempre nas zonas da alta-finança e até tinha frigorifico (coisa para ricos na altura). Disse que o Marx, quando andava na Suiça era exactamente a mesma coisa (não falei nada do Marx ter frigorifico.

Mas veêm como voces se calaram com a lenga-lenga das primeiras "revoluções" no mediterrâneo serem uma "revolta contra o Império"?

O vosso inimigo foi o mesmo que criou a vossa ideologia ridicula. Antony C. Sutton explica tudo.

Anónimo disse...

É um bocadinho enjoativo ter que, repetidamente, estar a aturar este fugitivo do Júlio de Matos... a puxar uma escova de piaçaba por uma corda, balbuciando constantemente "o Sutton é que sabe, o Sutton sabe tudo, tudo!!!, vamos Sutton, que já enganámos mais dois ou três."
Ó criaturinha, tome os comprimidos!

samuel disse...

Ó anónimo tarado por Sutton,

O Sutton, numa altura em que conseguiu iludir a sua vigilância, também tentou vender-me um frigorífico... mas não tive tempo para o aturar; ia levar a limusine à revisão (prática comum entre os revisionistas).

Ah... e antes "poeta", mesmo no sentido pejorativo que você porcamente lhe dá, do que imbecil! Você relê as idiotices que escreve?! :-))) :-))) :-)))

Anónimo disse...

Quando falo de Antony Sutton falo de muitos outros. Antony Sutton é um bom sitio para começar. És mesmo poeta. É por isso que voces são incapazes de compreender que a vossa ideologia é ridicula.

Olha os teus patrões: http://island-adv.com/wp-content/uploads/2010/10/antonysuttonskull105.jpg

Anónimo disse...

Anónimo das 19:41, a sua ideia em vir a um blog que nada tem a ver, para se picar, é que é de todo ridícula. Já agora, Marx não teve frigorífico, pois os frigoríficos só foram inventados em 1913, como já lhe referiram. É um erro colossal. Nem mesmo o seu amigo Tony Sutton chegaria tão longe na idiotice.

Anónimo disse...

Outra vez?!

Quando digo de Marx era exactmente a mesma coisa na Suiça quero dizer "o modo de vida e a relação com altas-finanças".

Claro que estava a deixar o frigorifico de fora...nem precisava de estar a esclarecer isto poeta.

Lê e vê tudo que conseguires encontrar do Antony Sutton POETA :)

Começa com a intrevista dele com o Stanley Monteith...é facil de procurar.

samuel disse...

Ó "suttonófilo"...

Você não seria capaz de reconhecer um poeta... nem que ele lhe caísse em cima.

Descanse lá do Sutton, homem! Agora já deve ser capaz de começar a entender o Correio da Manhã, o Record, o Dica da Semana... evolua, evolua...

Anónimo disse...

O que ele quer é o frigorífico do Karl Marx, mas desgraçadamente não o encontra.

Anónimo disse...

amigos, estão a dar resposta ao papagaio do Sutton? ele parece que engoliu uma grafonola, disco riscado, nem merece que se peca tempo
vamos à Luta por Abril!
os cães ladram e a caravana passa

bem desperta e poeta mesmo